Viajar em 2021, é possível?

O setor de turismo é um dos mais prejudicados nessa pandemia oriunda da Covid-19. Com o isolamento social, as cidades fechadas e as pessoas confinadas em casa, tudo parou. 

A doença causou fechamento temporário de aeroportos e bloqueio de fronteiras, adiando a programação de milhões de turistas. Isso quer dizer que todos os eventos e passeios preparado para 2021 terão que ser reagendados – e espera-se que possam ser realizados ainda em 2021.

A pergunta que fica é: será que o setor vai conseguir se recuperar e vamos ter uma avalanche de turistas em várias partes do mundo a partir domeio do ano? Ou será que o turismo ainda tenha de ficar em banho maria por algum tempo?

Se depender dos turistas…
… cidades, hotéis e pontos turísticos estarão lotados.

Muitas pessoas estão contando os dias para poder viajar, participar de eventos ou visitar amigos e parentes em locais mais distantes. Mas a situação ainda exige cautela, cumprimento de protocolos e muito resguardo, já que a doença ainda não acabou.

A Europa fechou as fronteiras para os turistas, mesmo na necessidade de injetar dinheiro na economia.

No Brasil, mesmo com as regras de distanciamento, o setor tropeça em instabilidade.

Mas o cenário continua catastrófico em mais umaonda do coronavírus, as cidades passaram a restringir a circulação das pessoas, impondo uma série de limitações, como toque de recolher.

Isso tudo nos faz pensar sobre a perspectiva do turismo até o meio do ano em 2021. Vale a pena sonhar e planejar férias ?

Há otimismo no turismo pós-pandemia?

Existem algumas projeções de setores especializados ligados ao turismo : desde que a vacina seja disponibilizada ainda no primeiro trimestre.

De acordo com informações da Panrotas, o turismo no Brasil deve voltar ao nível normal entre setembro e dezembro de 2021.

Mesmo com os efeitos da pandemia, a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo aponta para uma considerável concentração dos embarques até o final do ano. Entre os locais mais procurados estão Salvador, Porto de Galinhas, Fortaleza, São Paulo, Rio de Janeiro e Gramado.

Mas não é só o turismo local que está alta: os destinos internacionais estão com uma boa procura para o próximo ano, especialmente para as Maldivas, Cancún, Orlando, Sri Lanka e Índia.

Outro dado interessante em relação ao setor vem da República Dominicana. Durante um fórum de investimento turístico, alguns empresários disseram acreditar que o país irá receber muitos viajantes na metade de 2021, por ser um destino atrativo no Caribe e ideal para quem passou tanto tempo confinado.

Além disso, por lá, as medidas sanitárias adotadas garantiriam a reativação do setor de forma rápida e segura.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes