Unimed encerra campanha de cestas básicas com ajuda a mais de 1.600 pessoas

A Unimed Catanduva encerrou, neste mês, a campanha “Compartilhar Solidariedade é para Sempre”. Em 12 meses, a iniciativa da cooperativa, em comemoração aos 50 anos de sua fundação, ajudou 1.642 famílias com a doação de 600 cestas básicas.

As doações foram entregues para 17 instituições do município e região que realizam trabalhos voltados ao terceiro setor, envolvendo diversas áreas, como lar de idosos, creches, associações de bairros e projetos independentes. As últimas entregas foram realizadas neste mês para dois projetos.

“O resultado alcançado com a nossa campanha nos traz imensa satisfação. Importante ressaltar que isso só foi possível graças ao importante trabalho que cada entidade desenvolve junto às famílias em vulnerabilidade social”, disse o diretor de desenvolvimento da Unimed Catanduva, Matheus Schuerewegen.

Representando a cooperativa, o coordenador Sérgio Donizeti Sizinando, responsável pela área de Gestão de Pessoas, realizou a entrega de 25 cestas básicas ao projeto Caminho de Luz, que atende à região dos bairros Eldorado e Pachá. A doação foi realizada na presença da coordenadora Letícia Barbosa Leal e da voluntária Marcela Soares Bezerra Possebon.

“Agradecemos a ajuda. Por meio da Marcela vocês chegaram até o projeto. Buscamos ser justos, doando realmente para quem esteja precisando. Atendemos cerca de 43 famílias; porém, temos critérios para a entrega dos donativos. Por meio de visitas nas casas conseguimos realizar esta triagem”, explicou Letícia.

No bairro Nova Catanduva, a auxiliar de Serviços Gerais Sônia Maria Maurício da Silva Ferreira representou a cooperativa com a entrega de mais 25 cestas básicas para o projeto “Mãos que Abençoam”, de iniciativa da moradora Silvana Corrêa e apoio da voluntária Camila Gotardi Sturchio Garcia. “Essa doação é uma benção, principalmente, para aqueles que necessitam. Há famílias que chegam a ter de 5 a 7 crianças e vêm nos procurar buscando alimento. Na maioria das vezes, acabamos fazendo uma ‘vaquinha’, cada um doando um pouco”, apontou Silvana.

Todas as quartas-feiras, Silvana e outros voluntários distribuem sopas para cerca de 80 famílias. A comerciante Camila colocou à disposição o próprio comércio para a troca solidária de roupas usadas em bom estado por doação de litros de leite. Todo leite arrecadado é destinado às crianças dos bairros. O projeto atende também famílias do Gabriel Hernandes.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes