Unidade de Zoonoses tem 62 animaizinhos a procurar de um lar

Ato de amor e responsabilidade. A Prefeitura de Catanduva, por meio da Unidade de Vigilância em Zoonoses, conta com 62 animaizinhos `espera de um lar. Desses, 35 são cães e 27 gatos, que estão em condições de ser adotados: castrados, vermifugados e com a vacina em dia.

O interessado em adotar deve ser maior de idade e comparecer à UVZ com um documento pessoal e comprovante de residência. A recomendação é levar uma caixa de transporte no momento da adoção. No ato, a equipe da unidade chama a atenção para os cuidados e a guarda responsável.

“A adoção precisa ser com responsabilidade. Porque o animal deve ser tratado como um membro da família. Requer tantos cuidados, como uma criança. Além de muito carinho, ele necessita de comida, água e espaço para correr, brincar e ter um lar seguro”, frisa Kênio Suliani da Costa, chefe da seção de Controle de Zoonoses.

BALANÇO

Conforme balanço da UVZ, 59 animais que viviam na unidade ganharam novos lares, ao longo de 2021, sendo 48 cães e 11 gatos. Mesmo sendo um ano atípico, por conta da pandemia, o número de adoções é considerado expressivo, já que feiras de adoção não foram realizadas no ano passado. Além das adoções, o órgão realizou, no ano passado, 15 resgates de animais que precisaram de atendimentos. Os animais resgatados chegaram na UVZ por atropelamento ou por denúncia de munícipes. Sendo que alguns animais, de raças específicas, ofereciam risco à população, por apresentar um comportamento arisco e agressivo. “Conforme a legislação, certos animais não podem ficar soltos perambulando pelas ruas. Após o resgate e o tratamento oferecido aos atropelados, descobrimos os tutores e os mesmos vieram buscá-los”, informa Kênio.

SERVIÇO

A Unidade de Vigilância em Zoonoses está localizada na Rodovia Vicente Sanches, Km-1. O telefone para mais informações é (17) 3524-2445. O horário de atendimento é das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas.

Compartilhar Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Notícias relevantes