“Tenha medo de não descobrir. Pode ser uma doença silenciosa.”

“Todos os profissionais que procurei me disseram que tem tratamento, mas se você não for fazer o exame ninguém vai fazer por você. Não tenha medo de descobrir o câncer. Tenha medo de não descobrir, pois pode ser uma doença silenciosa”, conta Fernanda Rocha Martins, paciente que concluiu o ciclo de tratamento oncológico nesta quinta-feira, 14 de março, no Hospital de Câncer de Catanduva.

Fernanda descobriu o câncer em abril de 2023 durante mamografia de rotina e a corrida contra o tempo teve início. Em maio iniciou o tratamento oncológico no HCC; desde então passou por 16 ciclos de quimioterapia e cirurgia e no dia 14 de março encerrou sua 25ª e última sessão de radioterapia, concluindo o ciclo.

“O diagnóstico me assustou. Senti muita angústia. Chorei tudo o que tinha para chorar e depois comecei a ver o lado bom das coisas: de poder tratar perto de casa, ter minha família ao meu lado, de ter descoberto no início, de estar tratando em um lugar bom”, conta Fernanda que atua há 36 anos na área da saúde como fonoaudióloga. “Quando acontece com você é hora de pôr em prática tudo o que orientamos nossos pacientes. Foi aí que comecei a olhar para tudo e aprendi tanta coisa que não teria aprendido se não tivesse passado pelo câncer. Vim aqui para curar o corpo e saio daqui também com a alma curada. Cada pessoa que eu encontrei aqui é uma oração; é isso que eu vejo no olhar de cada um nesse hospital”.

Fernanda concluiu seu ciclo de tratamento e recebeu alta. Ela permanece em acompanhamento ambulatorial para monitoramento. Para simbolizar a conclusão da radioterapia tocou o Sino da Esperança com a presença de familiares e amigos.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes