Saúde define esporotricose como doença de notificação compulsória

Nova medida! A Prefeitura de Catanduva, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, define a esporotricose como doença de notificação compulsória, ou seja, de comunicação obrigatória ao Serviço de Vigilância em Saúde.

A partir de agora, com a nova resolução, todos os casos suspeitos e confirmados de esporotricose em humanos e confirmados em animais (cães e gatos) atendidos pelos serviços de saúde, públicos ou privados, incluindo os serviços veterinários, localizados no território da cidade de Catanduva, devem ser obrigatoriamente informados à Secretaria Municipal de Saúde.

A ação visa garantir o mapeamento dos casos, conhecimento da situação epidemiológica da doença e adoção de medidas necessárias.

A Resolução na íntegra e as Fichas de Notificação – humana e animal – podem ser encontradas na página http://www.catanduva.sp.gov.br/saude/ , na aba ‘Serviços’.

Fonte: Comunicação/Prefeitura de Catanduva

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes