São Paulo procura 968 pessoas que podem ter tomado vacina vencida

Por Daniel Mello – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo identificou 968 pessoas que podem ter tomado vacinas contra a covid-19 vencidas. A relação de pessoas que podem ter recebido as doses fora do prazo de validade foi enviada às Unidades Básicas de Saúde (UBs), que farão contato para realizar uma nova checagem entre as informações registradas no sistema e as cadastradas no momento da aplicação.

No caso de comprovação da aplicação de vacinas vencidas, a prefeitura vai decidir – junto com o Ministério da Saúde – o procedimento a ser adotado. Se for apenas um erro no cadastro do imunizante, será feito o ajuste no sistema.

A prefeitura informou hoje (5) que, na capital paulista, as datas de validade dos imunizantes são checadas três vezes: no recebimento, na distribuição e na aplicação.

Suspeita
A suspeita da aplicação de vacinas fora do prazo de validade surgiu após publicação de uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo. Segundo a publicação, cerca de 26 mil doses de vacinas da AstraZeneca podem ter sido aplicadas após o vencimento em 1.532 municípios.

Na sexta-feira (2), o Ministério da Saúde afirmou que nenhuma dose vencida de vacina contra a covid-19 é repassada aos estados e ao Distrito Federal. Acrescentou que o prazo de validade dos imunizantes é rigorosamente acompanhado desde o recebimento até a distribuição.

Edição: Kleber Sampaio

Compartilhar Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Notícias relevantes