Racismo Estrutural é tema de palestra para colaboradores da FPA

A Fundação Padre Albino está desenvolvendo o projeto Ano da Diversidade e Inclusão com ações para conscientização de seus colaboradores. Nesta quinta-feira, 20 de abril, o tema do projeto foi ‘Racismo Estrutural’, com palestras para promover conhecimento, reforçar o respeito às outras pessoas, sem discriminações.

Os colaboradores do Hospital Emílio Carlos, Unifipa, Centro de Serviços Compartilhados, Recanto Monsenhor Albino e Colégio Catanduva receberam a mestre em Psicologia Social, Thainá da Silva Costa e os colaboradores do Hospital Padre Albino, Padre Albino Saúde e Centro Cultural e Histórico Padre Albino receberam o professor, historiador e filósofo Rafael Aparecido Flávio.

De acordo com dados apresentados nas palestras, o número de analfabetos no Brasil está em 4,2% para brancos e 9,9% para negros; 22,9% dos brancos têm ensino superior, enquanto negros apenas 9,3%; a evasão escolar é de 6% para brancos e 28,7% para negros; 75% das vítimas de violência letal no Brasil são negras.

Como mecanismo para conscientização e enfrentamento do racismo estrutural foram apontados a sensibilização, a tomada de decisão, o debate, o acolhimento e o diálogo.

O projeto Ano da Diversidade já debateu assuntos como Violência contra a Mulher e Assédio. A próxima temática, programada para junho, é LGBTQIA+.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes