Profissionais do Recanto Monsenhor Albino recebem treinamento para prevenção de feridas em acamados

Os profissionais que atuam na assistência de saúde aos idosos institucionalizados do Recanto Monsenhor Albino receberam treinamento teórico e prático sobre prevenção e cuidados com lesão de pele e lesão por pressão. A atividade ocorreu na última terça-feira (11 de abril), na sala de treinamentos da entidade, oferecida pela equipe de enfermagem do Grupo de Curativo da Fundação Padre Albino, com entrega de certificados.

A lesão por pressão é problema grave que ocorre nos pacientes acamados, principalmente por fatores como a pressão, a umidade e a fricção durante sua permanência nessa condição, causando, além da doença que o acometeu e o colocou na situação de acamado, maior desconforto e sofrimento, além de aumentar o custo do tratamento, cuja prevenção é muito mais barata. “Nosso objetivo foi apresentar os tipos de curativos utilizados para o tratamento das lesões por pressão e as formas de prevenção de sua ocorrência nos pacientes com maior risco de acometimento da doença”, explicou Regina Perpétua Pereira Pardim, enfermeira Responsável Técnica do Hospital Padre Albino.

Segundo Regina, o controle dessa doença nas unidades hospitalares e instituições de saúde são consideradas forte indicador de qualidade do atendimento prestado. “Por isso, se faz necessário o estabelecimento de protocolos que direcionem o atendimento, para que sua ocorrência diminua cada vez mais”.

Nas práticas foram abordadas técnicas de curativo e coberturas adequadas para cada tipo de estágio das lesões por pressão, procedimentos assépticos para realização de curativos, técnicas de curativo séptico e asséptico, mudanças de decúbito, prevenção e cuidados para evitar lesões. Para a responsável técnica do serviço de Enfermagem do Recanto Monsenhor Albino, Juliana Fachim, as técnicas vão proporcionar maior qualidade tanto para o paciente quanto para o profissional. “O Recanto possui pessoas idosas que requerem assistência em todas as atividades de autocuidado para a vida diária e o treinamento veio proporcionar mais qualidade de vida e assistência qualificada”, disse.

Além da RT Regina Pardim, também auxiliaram na atividade a enfermeira coordenadora do Hospital Emilio Carlos Adriani Izabel de Souza Moares e as enfermeiras Isabela Cruz Paleuco Galiardo, Eliana Fátima Muller e Jéscica da Silva Cena, todas do Grupo de Curativos da FPA.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes