Prefeitura reorganiza fluxo de solicitações de ambulâncias

A Prefeitura de Catanduva, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, começou a reorganizar o fluxo de solicitações ao transporte de ambulâncias e vans. A medida visa ao cumprimento de regras já estabelecidas por meio de protocolo desde 2009, mas que deixaram de ser praticadas pela administração anterior. Sem critérios, o setor contabilizava um inchaço na demanda. Em 2016, por exemplo, foram realizados em média 260 atendimentos por dia.

Na prática, a Secretaria espera que as mudanças possam refletir diretamente no bem-estar do paciente e no bom andamento das atividades. “Com o sistema organizado, o serviço tende a funcionar cada vez melhor e os pacientes poderão se programar na certeza do atendimento em dia”, comenta o secretário de Saúde Ronaldo Gonçalves Júnior.

Para que os critérios sejam cumpridos, a secretaria vai fazer o controle das chamadas por meio de um fluxograma. O documento será encaminhado às unidades de saúde, que farão a triagem dos pedidos em cada área de abrangência. Aos pacientes do centro permanecerá o atendimento via central de ambulâncias.

Os horários de retorno de viagens com pacientes também foram readequados e serão pontuais, às 09h-11h-14h-16h, com possibilidade de exceção em cada caso de atendimento. As unidades de saúde também estão avisadas sobre os retornos.

O protocolo de atendimento prevê a utilização de ambulâncias em caso de agendamento por gestantes, pessoas com necessidades especiais, morbidade ou dificuldade de locomoção, pós-operatório de um mês, pacientes de hemodiálise e atendidos no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). Também têm direito a acompanhante idosos acima de 60 anos, crianças até sete anos e pessoas com doenças ou com grau de incapacidade nos membros inferiores.

Atualmente, a Secretaria de Saúde conta com frota composta por 10 Kombi, três carros para transporte com maca e três destinados ao transporte de cadeirantes.

Fonte: COMUNICAÇÃO/Prefeitura de Catanduva

Be the first to comment on "Prefeitura reorganiza fluxo de solicitações de ambulâncias"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*