Prefeitura coleta quase 700 toneladas de volumosos em 2017

A Prefeitura de Catanduva, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura, coletou 672 toneladas de móveis velhos e materiais descartados pela população, em 2017. Considerando o ano de 2016, houve aumento de 29,2% no total recolhido. Dentre os motivos, está a maior divulgação nos serviços.

De acordo com o levantamento do setor, a média mensal de coleta é em torno de 56 toneladas, com maior quantidade observada em setembro, quando foi realizada a campanha Cidade Limpa, em parceria com a TV Tem. Na ocasião, foram coletadas 349 toneladas de objetos em desuso.

O objetivo da Prefeitura é conscientizar a população, na tentativa de melhorar ainda mais as estatísticas, diminuindo a quantidade de descarte irregular.

“Jogar móveis e entulhos em locais impróprios gera desconforto para a população, principalmente aos moradores que moram próximos do local do descarte, e causa danos ambientais também. O infrator, se pego em flagrante, pode ser penalizado”, diz a chefe da divisão de limpeza urbana, Daniela Amaral.

Além disso, materiais descartados de forma incorreta podem propiciar um habitat favorável para o desenvolvimento de vetores como escorpiões, além de acúmulo de água, gerando potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti.

A coleta de volumosos é realizada semanalmente em Catanduva, às terças e quintas-feiras. O serviço é feito por agendamento, por meio dos telefones (17) 3522-0814 e 3524-7239. “O morador que tiver um sofá, guarda-roupa ou outros objetos para descartar, com exceção de entulhos de construção e galhos de árvore, pode pedir a retirada com a gente”, convida Daniela.

Fonte: Assessoria/Prefeitura