Prefeitura apoia padre Osvaldo em projeto de formação de novo time de futebol

O projeto “Escolinha de Futebol Padre Osvaldo”, que tem a frente o padre Osvaldo de Oliveira Rosa, quer alçar voos maiores e pretende, brevemente, criar seu próprio time de futebol. A pedido do religioso, a Prefeitura de Catanduva intermediou uma reunião entre Rosa e a direção da Federação Paulista de Futebol (FPF), em São Paulo.

O encontro aconteceu na última terça-feira, dia 3, e contou com a presença do prefeito Afonso Macchione Neto e do deputado Marcos Zerbini – quem possibilitou o agendamento com o presidente Reinaldo Carneiro Bastos e demais membro da diretoria da FPF.

“O padre Osvaldo está buscando caminhos para encaminhar os mais de 300 jovens que tem em sua escolinha de futebol. São crianças muito talentosas e que, por vezes, não conseguem a chance de mostrar seu potencial. Catanduva já revelou grandes nomes e têm possibilidade de revelar muitos outros”, disse Macchione.

De acordo com o padre, o projeto – que já tem sete anos de atividades, conta com 300 meninos com idade entre 10 e 18 anos que disputam campeonatos em 13 categorias. “O prefeito abriu as portas da Federação, nos acompanhou e nos apresentou aos dirigentes. Os próximos passos serão por nossa conta”, explicou.

Atualmente, o projeto tem parceria com a Associação Desportiva São Caetano, o Azulão. Porém, de acordo com o religioso, o time do ABC paulista não consegue mais absorver a quantidade de atletas revelados na escolinha. “Temos um trabalho sério e não queremos envolver atravessadores. Então, a solução que encontramos foi a criação de um time, o Catanduva Futebol Clube”, revelou.

Caso consiga viabilizar o novo clube, a intenção do padre é incluir os jogadores de maior destaque neste novo time, que disputará o Campeonato Paulista da Segunda Divisão. “Vamos atrás da documentação necessária e de buscar parceiros e apoiadores para conseguir recursos e a filiação junto à Federação”, explicou Rosa.

O apoio da Prefeitura será, mediante a disponibilidade, ceder o campo em dias de jogos com o pagamento da taxa de utilização vigente.

Projeto

O projeto “Escolinha de Futebol Padre Osvaldo” tem sua sede na rua XV de Novembro. Os treinos são realizados nos campos da Usina São Domingos, Usina Catanduva e nos campos da Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo (Smelt). A equipe de profissionais conta com 12 pessoas: psicólogo, assistente social, cozinheiro, roupeiro, quatro técnicos, dois preparadores físicos, motorista e coordenador.

Fonte: Assessoria/Prefeitura