Pediatria SUS do HPA recebe o nome de ‘Unidade Pediátrica Irmã Deolinda Mutti’

“A bondade e a dedicação são virtudes que inspiram as pessoas a fazerem o bem ao próximo e foi exatamente isso que a Irmã Deolinda fez com seu trabalho com as crianças. Sua partida deixou uma imensa saudade, mas também a certeza de que seu legado jamais será esquecido”, disse a diretora de Saúde e Assistência Social da Fundação Padre Albino, Renata Rocha Bugatti, na tarde desta quinta-feira (4 de maio), durante cerimônia de descerramento da placa em homenagem à Irmã Deolinda Mutti na Unidade Pediátrica SUS do Hospital Padre Albino, que agora leva o seu nome.

A religiosa, que faleceu em junho do ano passado, pertencia à Congregação das Irmãs Franciscanas da Imaculada Conceição e trabalhou como auxiliar de enfermagem, dedicando 37 anos da sua vida ao cuidado das crianças internadas na Pediatria, quando foi transferida para o Recanto Monsenhor Albino, na mesma função, conquistando o respeito e a admiração de todos que a conheceram.

Na emocionante cerimônia estavam presentes Ir. Maria Eunice Vilela e Ir. Maria do Rosário Gomes, esta representando a Província Brasileira da Congregação. Pela Fundação Padre Albino estavam, além de Renata Bugatti, o presidente do Conselho de Administração, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante; o diretor-presidente da Diretoria Executiva, Reginaldo Donizeti Lopes, enfermagem e gerentes de setores do HPA.

Uma marca do trabalho de Irmã Deolinda foi a comemoração do Dia da Criança no hospital, onde todos os anos elas recebem presentes e doces, doados pela comunidade. “A homenagem à Irmã Deolinda é mais do que justa, pois ela foi exemplo de dedicação e amor ao próximo. Sua atuação na Pediatria do Hospital Padre Albino deixou marcas profundas e inesquecíveis e certamente inspirou muitos profissionais da saúde a seguirem seu exemplo. Quando teve que deixar o hospital nos recomendou um único desejo, de que nunca deixaríamos de comemorar o Dia das Crianças, e estamos honrando seu pedido”, disse, emocionada, a responsável técnica de Enfermagem do HPA, Regina Pardim.

Irmã Maria do Rosário, que conviveu com Ir. Deolinda, agradeceu a homenagem. “Sua bondade e generosidade sempre serão lembradas por todos que a conheceram. A placa descerrada hoje é uma forma de eternizar sua memória e de reconhecer a importância de sua atuação na história do hospital. A nossa congregação sente-se honrada e em festa por esta homenagem”, afirmou a religiosa.

Após a cerimônia, os convidados foram recepcionados com café especial no Anfiteatro Padre Albino.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes