Patrulha Ambiental de Catanduva é referência para SJRP

A Patrulha Ambiental de Catanduva, órgão ligado à Guarda Civil Municipal (GCM), transformou-se em modelo de atuação e passa a servir de referência para São José do Rio Preto. A ideia da administração rio-pretense é usar as leis municipais que disciplinam a atividade para dar base a projetos que tratem sobre o tema, a serem apresentados ao Legislativo da cidade vizinha.

Para tratar do assunto, o comandante da GCM local recebeu o diretor da guarda de Rio Preto, Silvio Pedro, e a vereadora Cláudia de Giuli, na quarta-feira, 30. “Esse tipo de contato mostra que estamos prestando serviço de alto padrão. Os representantes de Rio Preto ficaram satisfeitos com as informações que prestamos sobre o assunto”, comentou o comandante Luiz Carlos Larocca.

Durante a consulta, cópias de leis foram entregues à comitiva de Rio Preto. Os visitantes conheceram um pouco da rotina, estrutura e procedimentos de atuação da Patrulha Ambiental do município. As atribuições da equipe incluem fiscalização de maus-tratos, combate a queimadas, entulhos, poda de árvore e desassoreamento. O efetivo conta com dois guardas e agentes de fiscalização.

Fonte: Assessoria/Prefeitura