“Papai, não posso consigo mexer minhas pernas”: jovem liga para pai após o atentado de Manchester, mas telefone para de funcionar

Noticias Internacional,Yahoo Notícias

Um pai disse que recebeu um angustiante telefonema de sua filha adolescente logo depois que ela foi ferida no ataque terrorista em Manchester.

Logo após Ella McGovern, de 14 anos, ligar para o pai da Manchester Arena para dizer que estava ferida e não conseguia se mexer, o telefone parou de funcionar.

O Sr. McGovern veio o mais rápido que podia da Escócia, onde estava durante o atentado terrorista, para tentar encontrar sua filha em Manchester.

Ella foi levada para o hospital, mas foi liberada com lesões na perna.

Ele falou com a Rossendale Free Press sobre os angustiantes momentos que viveu quando percebeu que “algo ruim” havia acontecido.

“Eu precisava acordar cedo, então fui para cama cedo. Acordei depois das 22:30 e havia recebido oito chamadas não atendidas”.

“Conversei com a minha esposa e ela disse que algo muito ruim havia acontecido. Ela estava no telefone com Ella enquanto comprava camisetas na entrada da arena e ouviu um grande estrondo pelo telefone”.

“Ela disse que não conseguiu manter a chamada. Havia muitas ambulâncias e tudo estava um caos”, disse ele à Rossendale Free Press.

Ella McGovern tinha ido ao show de Ariana Grande como parte de uma viagem com outros alunos de sua escola, a Haslingden High School.

Ele acrescentou: “Ella então me ligou dizendo: Papai, não consigo mexer as pernas. Há sangue por toda parte. Houve uma explosão. Não consigo me mexer. Foi aí que o telefone parou de funcionar”.

“E eu pensava: meu Deus, o que eu faço?”

“Decidi me vestir, entrar no carro e dirigir até o local. Eu precisava fazer isso. Minha família me ligou durante todo o trajeto. Foi aí que encontrei Ella e Louise no Royal Manchester Children’s Hospital.

Ella teve oito inserções de estilhaços nas pernas.

Como ela estava muito próxima da explosão, Rockey disse que ambas as orelhas da filha foram perfuradas.

Rockey disse que Ella estava ansiosa para ir ao show de Ariana Grande há vários meses e descreveu o ataque terrorista como “absolutamente repugnante”.

Ele disse: “É amplamente conhecido que shows como esse são assistidos principalmente por adolescentes. Sinceramente, que tipo de ser humano faria algo assim?”.

David Harding
Yahoo News UK

Be the first to comment on "“Papai, não posso consigo mexer minhas pernas”: jovem liga para pai após o atentado de Manchester, mas telefone para de funcionar"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*