MS destina recursos para Oncologia – HPA será beneficiado

O Ministério da Saúde vai destinar R$ 306,4 milhões para os serviços de tratamento do câncer no Estado de São Paulo. O recurso, que deve beneficiar 41 municípios, será incorporado ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade (MAC) do Estado e dos municípios. O investimento foi confirmado por meio de Portaria publicada no dia 6 último, no Diário Oficial da União.

A transferência será feita pelo Fundo Nacional de Saúde em parcelas mensais. “Esta é uma maneira de dar maior suporte ao Estado, além de agilizar e aprimorar os serviços de tratamentos oncológicos, inclusive, em hospitais filantrópicos”, destaca a ministra da Saúde, Nísia Trindade. Conforme a relação que acompanha a Portaria Ministerial, o Hospital Padre Albino, mantido pela Fundação Padre Albino, será contemplado com R$ 4.108.728,43 anual, sendo R$ 342.394,04 mensais.

“Esse incremento, em realidade, é resultado de pleito antigo da Fundação Padre Albino, uma vez que há anos presta serviços oncológicos ao SUS além do contratado. Os recursos serão de suma importância para nossa instituição, mas o valor destinado ainda será insuficiente para suprir as necessidades de atendimento integral à população nos hospitais Padre Albino e Emilio Carlos, uma vez que o valor do incremento é inferior ao que excede em relação ao contratado com o SUS”, disse a diretora de Saúde e Assistência Social da Fundação, Renata Rocha Bugatti.

Foto: Freepik

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes