Motoristas da FPA reforçam qualidade com treinamentos sobre normas e precauções

Os profissionais do setor de Transportes da Fundação Padre Albino, destinado ao deslocamento programado de pacientes e insumos das suas unidades hospitalares, participaram de procedimentos específicos, recebendo treinamentos que reforçam a qualidade na prestação dos serviços, tanto para o motorista, quanto para os usuários. A capacitação aconteceu no dia 26 de julho envolvendo os Serviços Especializados em Segurança e em Medicina do Trabalho/Sesmt, Serviço de Controle de Infecção Hospitalar/SCIH e o Grupo de Apoio ao Trabalhador/GAT da FPA.

Foram abordadas as recomendações estabelecidas pelo Ministério do Trabalho, por meio das NRs – Normas Regulamentadoras, que padronizam as operações do setor. “Os profissionais da área frequentemente presenciam inúmeras situações que exigem conhecimento. O principal motivo para essa capacitação é salvar vidas e preservar a saúde de todos os colaboradores. Dessa forma, equipe bem treinada é extremamente útil para reduzir acidentes e impactos de absenteísmo, por exemplo”, frisa o técnico em Segurança do Trabalho, Carlos Henrique Ornellas, que orientou quanto ao uso correto de equipamentos de segurança (NR 6), insalubridade (NR 15), atenção ao uso de adorno corporal (NR 32) e as Leis de Trânsito.

Precauções e cuidados de sanitização também foram passadas ao motoristas. Membros do SCIH reforçaram quanto à conservação do veículo durante e após seu uso, como higienização correta das mãos, uso do detergente desinfetante hospitalar, higienização das superfícies e uso de luvas, óculos de proteção, avental, máscaras cirúrgica e máscaras N95. Os motoristas que tratam com transporte de insumos e outros utensílios receberam informações para uso do cinto ergonômico para levantamento de carga. “Quando buscamos capacitar nossos motoristas estamos garantindo também mais segurança e qualidade de serviço prestado aos nossos pacientes e usuários”, afirmou Ornellas.

Estiveram envolvidos nos treinamentos os profissionais Carlos Henrique Ornellas, Douglas Cordeiro Gomes da Silva e Jonathan Araújo de Oliveira, técnicos de Segurança do Trabalho do Sesmt/FPA; a enfermeira Rosana Marcelino Braz, do SCIH/HEC; e do GAT o profissional de Educação Física e especialista Rodrigo Matheus.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes