Mostra promove o ensino das culturas indígenas entre educadores e cidadãos de São José do Rio Preto

Guardiões da tradição do povo Kariri-Xocó, originários de Alagoas, os educadores Idiane Crudzá e Kawrã Florêncio são os convidados especiais da primeira edição da Mostra Educar Ancestral, que será realizada em São José do Rio Preto no período de 20 a 22 de março, no campus do Ibilce/Unesp. O evento, voltado para educadores e a comunidade em geral, tem como tema “Indígenas na escola: para uma educação antirracista e diversa”.

O evento é uma iniciativa da Coletiva Educar Ancestral, que atua na potencialização do ensino das culturas indígenas e afro-brasileiras nas escolas da cidade e região. Com a mostra, a coletiva busca colaborar com educadores e universitários da área do ensino compartilhando referenciais teóricos e práticos sobre as culturas dos povos originários do Brasil.

Segundo a educadora Neny Luá, que faz parte da organização do evento, a Lei 11.645/2008 determina o ensino das culturas indígenas e afro-brasileiras nas escolas durante todo o ano letivo, mas isso ainda não é uma realidade. “A maioria dos educadores carece de subsídios para criar conteúdos pedagógicos que fujam dos históricos estereótipos que recaem sobre indígenas e negros em nosso país. Com isso, a prática em torno das culturas dos povos ancestrais fica restrita apenas ao Dia dos Povos Indígenas (19 de abril) e Dia da Consciência Negra (20 de novembro)”, comenta.

A mostra
A programação da Mostra Educar Ancestral – Indígenas nas Escolas envolve palestras e oficinas voltadas para educadores, universitários e pessoas interessadas em conhecer mais sobre a realidade dos povos originários do Brasil. Todas as atividades são gratuitas.

A abertura da mostra, no dia 20 de março, às 18h, será marcada por palestra da antropóloga Niminon Suzel Pinheiro, que falará sobre a presença dos povos indígenas no noroeste paulista.

O segundo dia da mostra, 21 de março, também às 18h, contará com duas oficinas ministradas pelas educadoras Neny Luá e Gizele Juá, fundadoras da Coletiva Educar Ancestral. Enquanto indígenas educadoras, elas compartilharão histórias, brincadeiras, pesquisas e outras atividades relacionadas aos povos originários.

A primeira oficina é voltada para educadores do Ensino Infantil e do Ensino Fundamental II, e a outra para quem atua no Ensino Fundamental II e Médio.

Os convidados
Responsáveis pela revitalização linguística da língua Dzubukuá-kipea com crianças da etnia Kariri-Xocó e com pessoas adultas de diversas etnias Kariris originárias da região nordeste, Idiane Crudzá e Kawrã Florêncio encerram a programação no dia 22 de março, às 18h, oportunidade em que compartilharão suas vivências e experiências na educação.

Natural de Porto Real do Colégio (AL), eles são dubo-heri (mestres) da língua Dzubukuá-kipeá da nação Kariri na escola Espaço Subatekerá Nunú. Entre os trabalhos de Idiane estão o livro publicado pela coleção “Narrativas Indígenas – Cultura brasileira e suas histórias”, da editora Parimpar; “Matyká e a Jurema Sagrada”, que tem versões em Português, Dzubukuá-Kipeá e Inglês; “Marany e sua Jornada na Terra e outros Contos” e dois volumes do material didático da língua Kariri-Xocó, denominado “Subatekerá Dzidé Ayby Arãkié Yndiany Nayly”.

“Nosso evento tem como propósito promover uma educação que não seja estereotipada e racista. Queremos munir os educadores de referências das culturas indígenas para que eles possam trabalhar essa temática em sala de aula ao longo de todo o ano”, reforça Gizele.

A Mostra Educar Ancestral – Indígenas nas Escolas foi viabilizada pelo fomento da Lei Paulo Gustavo, por meio Secretaria Municipal de Cultura de São José do Rio Preto, Ministério da Cultura e Governo Federal e tem apoio da Unesp Rio Preto.

1ª Mostra Educar Ancestral: Indígenas nas Escolas – ProgramaçãoDia 20/3 (quarta-feira)
18h – Palestra: A presença dos povos indígenas no noroeste paulista
Com a antropóloga Niminon Suzel Pinheiro
Local: Ibilce/Unesp – Auditório A

Dia 21/3 (quinta-feira)
18h – Oficina: Culturas indígenas na Educação Infantil e Ensino Fundamental I
Com a educadora Neny Luá
Local: Ibilce Unesp – Sala 02C

19h – Oficina: Culturas indígenas no Ensino Fundamental II e Médio
Com a educadora Gizele Juá
Local: Ibilce/Unesp – Sala 05C

Dia 22/3 (sexta-feira)
18h – Palestra com a educadora e escritora Idiane Crudzá e o educador Kawrã Florêncio.
Local: Ibilce/Unesp – Auditório C

Serviço
1ª Mostra Educar Ancestral – Indígenas na Escola: para uma educação antirracista e diversa
De 20 a 22 de março
Ibilce/Unesp (Rua Cristóvão Colombo, 2265)
Grátis
Mais informações no Instagram @educar.ancestral

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes