Missa na Matriz marca os 50 anos sem Padre Albino  

Há exatos 50 anos falecia um dos maiores símbolos de caridade e amor aos mais necessitados de Catanduva: Padre Albino. Embora tivesse recebido o título de Monsenhor pelo Vaticano, era assim como o sacerdote queria ser chamado.

Para lembrar a data, a Fundação Padre Albino convida a população para Missa em Ação de Graças nesta terça-feira (19), na igreja Matriz de São Domingos, às 19h30. O ato faz parte das atividades que a entidade faz anualmente para lembrar o nome de Padre Albino e todo seu legado deixado para Catanduva que, com suas obras, contribuiu para o fortalecimento de toda região.

Missa de abertura da 31ª Semana Monsenhor Albino, realizada em 2022.

A Fundação Padre Albino, constituída em 1968 pelo próprio sacerdote para ser a mantenedora da Faculdade de Medicina, promove diversas atividades que fortalecem o nome de Padre Albino, reafirmando seu compromisso com a manutenção do valor histórico deixado pelo padre ao longo da sua vida na cidade, como a tradicional Semana Monsenhor Albino.

No dia 30 de setembro (sábado), a partir das 20h acontece o evento de encerramento dos 50 anos sem Padre Albino com a apresentação da peça teatral ‘Padre Albino: legado para uma cidade’, da Cia Casa Amarela, na praça Monsenhor Albino.

Segundo a organização, antes acontecerá a premiação aos alunos da rede municipal de ensino vencedores do concurso cultural de redação sobre Padre Albino, parceria com a Secretaria de Educação. A participação é gratuita, mas quem puder colaborar pode doar 1kg de alimento não perecível que será revertido para o Recanto Monsenhor Albino e Fundo Social de Solidariedade do município.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes