Maurício Riva propõe, em PL, a fixação de cartazes para conscientização sobre Síndrome Alcoólica Fetal

A síndrome alcoólica fetal é um distúrbio que afeta o desenvolvimento do feto e é causado pela exposição ao álcool durante a gravidez.

O consumo de álcool durante a gravidez pode gerar inúmeros problemas, podendo danificar o cérebro, o coração e os rins, além de outros órgãos do bebê, podendo levar a criança recém-nascida a apresentar Síndrome Alcoólica Fetal (SAF).

A partir disso, o vereador Maurício Riva (PDT) apresentou projeto de lei nº 11/22 que dispõe sobre a obrigatoriedade de fixação de cartaz conscientizando as gestantes sobre os perigos da síndrome alcoólica fetal em todos os hotéis, restaurantes, lanchonetes, bares e similares que comercializam bebidas alcoólicas, bem como, nas maternidades, ambulatórios e consultórios médicos de ginecologia, públicos e privados, no município de Catanduva.

Na propositura, o parlamentar explica que o cartaz não pode ser inferior ao tamanho de 30×50 centímetros, e com os seguintes dizeres, “A ingestão de álcool durante a gestação pode prejudicar a saúde do feto” e “Proteja seu filho”.

“O principal objetivo dessa lei é possibilitar a conscientização da população, da necessidade de prevenção da Síndrome Alcoólica Fetal, através da divulgação dos riscos”, explica Maurício Riva.

Compartilhar Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Notícias relevantes