Mãe grava vídeo emocionante para o filho antes de entrega-lo para adoção

Yahoo Vida e Estilo Redação Vida e Estilo,Yahoo Vida e Estilo 
Muitas mulheres que engravidam sem ter condições de criar a criança passam por uma forte carga emocional ao decidirem entregá-la para adoção. Uma dessas mulheres é Hannah Mongie, da Flórida, que descobriu a gestação quando tinha 18 anos.

Ela e o namorado, Kaden, ficaram muito felizes com a notícia, mas durante a gravidez, o pai do bebê acabou morrendo. Mesmo sofrendo com a decisão de dar a última parte do amado para adoção após o nascimento, ela sentiu que seria melhor que o filho fosse criado por uma família completa.

Foram dois dias ao lado do bebê e nesse período, Hannah decidiu gravar um vídeo explicando sua decisão ao filho. “Fiz esse vídeo para você saber o quanto eu te amo”, diz no início da gravação que mostra o pequeno em seus braços.

Beirando às lágrimas, ela explica as circunstâncias que a fizeram tomar essa decisão e diz que “ele é tão fofo que torna isso mais difícil”. Três anos após a gravação, ela finalmente compartilhou o vídeo, que já atingiu mais de 12 mil visualizações. Confira o vídeo em inglês, sem legendas:

A parte feliz da história é que Hannah colocou o pequeno Tagg para adoção aberta, ou seja, quando a família adotiva permite que os pais biológicos tenham acesso à criança. Esse tipo de adoção garante diferentes contatos definidos pelos pais adotivos que envolvem trocas de e-mail e visitas presenciais. Isso fez com que Hannah tivesse permissão de ver Tagg pelo menos uma vez por mês, às vezes mais.

“Ao invés de ‘desistir dele’ ou ‘dá-lo’, eu adotei a nova família dele como minha. Nós crescemos e todos se amam como se sempre fôssemos uma família”, afirma.