Lu Mourelle faz sucesso no mercado europeu e já prepara a volta a Portugal

As telas da artista campineira estão em cartaz novamente no Algarve

Lu Mourelle em noite de Vernissage

   A campineira Lu Mourelle tem chamado atenção em Portugal. A partir deste sábado, dia 4 de agosto, os trabalhos da artista plástica voltam à exposição na Galeria Geday, em Portimão, no Algarve, até 03 de setembro. Com participações em uma série de eventos em terras portuguesas nos meses de maio e junho deste ano, Lu Mourelle foi convidada a retornar a Lisboa ainda neste segundo semestre. Agora, a pintora está a todo vapor, preparando novas telas para cumprir a agenda definida com os galeristas europeus.

   A Galeria Geday já havia recebido obras de Lu Mourelle e outros brasileiros em maio. Desta vez, na alta temporada do verão no hemisfério norte, as telas da pintora brasileira se juntam aos trabalhos de artistas portugueses, como a premiada Rosa Pereira, que também é uma das donas do espaço. Júlia Garrancho, Nuno Pinheiro e Paula Garnett completam o time na mostra “Diversidades”. “É uma honra fazer parte desse elenco. Portugal conjuga muito bem a fidelidade às tradições e o olhar aberto a todas as outras tendências e propostas que vêm inundando o país”, testemunha Lu Mourelle, fazendo referência à maciça chegada dos estrangeiros às terras lusas e à elevada quantidade de turistas. De acordo com o governo, somente no ano passado, Portugal bateu seu recorde e recebeu cerca de 20 milhões de visitantes.

Rosa Pereira – Artista Plástica consagrada e sócia da Galeria Geday

Marisa Gomes – sócia da Galeria Geday

   Por causa dessa visibilidade multicultural, Lu Mourelle recebeu convites para integrar os elencos de galerias na Espanha, França e Áustria. Outras obras estão sendo negociadas em países do Leste Europeu e até na Rússia. Em maio, na ponte aérea Campinas-Lisboa, Lu Mourelle levou treze quadros na bagagem. Dois deles foram absorvidos pela curadoria do Hotel Quinta da Boeira, um luxuoso cinco estrelas que será inaugurado no início de 2019 em Vila Nova de Gaia, na região norte de Portugal. O badalado destino turístico é famoso pelas caves de vinho e faz divisa com a cidade do Porto, onde outras telas da artista encantaram o público durante a exposição coletiva na Porto Art Gallery.

Lu Mourelle e a curadora Maria dos Anjos Oliveira

   Sob a curadoria da luso-brasileira Maria dos Anjos Oliveira, mais obras de Lu Mourelle foram apresentadas na Galiarte, em Lisboa. Com o sucesso das mostras, a artista foi incentivada a pintar novas telas em solo português e que foram imediatamente expostas na Capital. Quando foi convidada para expor em Portugal nos meses de maio e junho, Lu Mourelle não esperava tamanha receptividade. A artista, que já morou na França em diferentes fases da vida, ressalta a hospitalidade portuguesa. “Me senti em casa. Fui cercada de carinho, atenção e cuidados. Assim, é absolutamente impossível não se encantar com o povo português”, conta a artista plástica, que já está de malas prontas para cruzar novamente o Oceano Atlântico em outubro.

   Lu Mourelle vai cumprir uma agenda de intercâmbio artístico na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa, depois de ter sido convidada a integrar os quadros da entidade centenária. A iniciativa partiu do vice-presidente da instituição, o pintor Jaime Silva. Com a nova temporada em Portugal, Lu Mourelle espera trocar experiências com os artistas europeus e produzir novos trabalhos, sempre representativos da arte brasileira. “Os nossos artistas têm a virtude de unir emoção e técnica. O resultado é muito diferente do que se produz lá fora”, ressalta a pintora.

   Na região da RMC, as obras de Lu Mourelle podem ser visitadas na Ligia Testa Espaço de Arte. A galeria no Taquaral é ponto de encontro de admiradores de arte, colecionadores e arquitetos, como as irmãs Renata e Paula Vallone, que assinam um espaço expositivo com os trabalhos de Lu Mourelle na 2ª edição da Mostra + Sustentável. O evento de arquitetura e decoração acontece em Campinas no final deste mês.