Liga da Fameca/Unifipa participa de simulado de emergência em rodovia

No dia 6 de julho, integrantes da Liga de Cirurgia de Urgência e Trauma da Medicina/Fameca/Unifipa, em parceria com a Usina Cofco, SAMU, Corpo de Bombeiros, Viação MM Souza e Polícias Militar e Rodoviária, participaram do “Simulado de Emergência” na Rodovia Comendador Pedro Monteleone, no km 212, em Catanduva-SP, promovido pela Artesp – Agência de Transporte do Estado de São Paulo e a concessionária Tebe.

O objetivo foi realizar treinamento entre equipes por meio de situação simulada caso ocorra acidente real para que estejam capacitadas a realizar todo o atendimento e manejo do cenário. Para realização do simulado foi montada cena fictícia de colisão traseira entre caminhão, com produto químico, e um ônibus de transporte coletivo. No ônibus havia 15 vítimas, que necessitavam de socorro médico; no caminhão foi simulado vazamento de produto químico, que necessitava de contenção.

Profissionais da Usina Cofco ficaram responsáveis pela contenção do vazamento do produto tóxico do caminhão e a equipe da Tebe fechou a rodovia junto com a Polícia Rodoviária para que não houvesse outro acidente. O Corpo de Bombeiros garantiu a segurança da cena, colocando calços nos veículos e impedindo princípios de incêndio que poderiam ocorrer.

O socorro médico foi prestado pelas equipes do SAMU junto com membros da Usina Cofco, Tebe, Corpo de Bombeiros e alunos do quarto ano Fameca/Unifipa, membros da Liga do Trauma, que também ficaram responsáveis pelo atendimento do método “ABCDE do trauma” nas lonas espalhadas na cena fictícia do acidente. Cada equipe possuía uma função para melhor desenvolvimento e eficiência no trabalho. Além disso, alunos de Medicina fizeram o papel de “sombras”, ou seja, ficaram responsáveis por informar os sintomas das vítimas para os socorristas.

Alunos da Fameca/Unifipa e da Enfermagem Unifipa se disponibilizaram a atuar como vítimas, com maquiagens e simulações para maior realidade de cada caso. Após o término da simulação, as equipes se deslocaram para a Usina Cofco para reunião avaliativa sobre o simulado.

A Liga de Cirurgia de Urgência e Trauma foi uma das organizadoras principais do evento, esteve presente nas reuniões de organização e atuou ativamente para que o simulado pudesse ocorrer de maneira adequada. Para Maria Carolina Barroso, presidente da Liga, o empenho de todos valeu a pena. “O simulado de emergência é uma atividade extremamente importante para o treinamento das equipes, a fim de que possam estar capacitadas para atendimento da população. Como integrante da diretoria da Liga e organização do simulado foi muito bom poder ver o empenho dos membros para que a atividade desse certo. Além disso, o atendimento às vítimas foi feito com excelência, reflexo da dedicação dos alunos às aulas e treinamentos que a liga faz”, disse ela.

Os simulados são realizados uma vez por ano pelas concessionárias que integram o Programa de Concessões Rodoviárias. Aproximadamente 120 pessoas participaram da ação, com diversas funções e objetivos.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes