Liberdade criativa

A arte de Cleiton Ribeiro (@cleitonribeiro_artes) apresenta uma preocupação estética em sua composição. Ela aponta para alguns elementos que se repetem e constituem características estilísticas. Existe um jogo de manchas e de alguns elementos pontiagudos que despertam mistério.

A sua individualidade se manifesta, em boa parte, por ser uma expressividade que remete ao universo do mundo da arte da rua e a uma desconstrução permanente de referenciais. Trata-se, portanto, de uma intensa jornada pela busca de consolidar um estilo pessoal que traz, como uma de suas características, a diluição da figuração.

No entanto, isso não esgota a personalidade visual do artista. Existe a criação de um mundo visionário regido por um instinto que não conhece barreiras e, por isso mesmo, resulta em uma profusão de gestos não domesticados e viscerais em que o individualismo do ato criativo resulta em individualidade baseada na liberdade.

Assim a ausência de regras fixas nas proporções nos corpos, o uso da cor como recurso de criação de áreas, a diluição da profundidade, a composição sem padrões preestabelecidos e a busca permanente de soluções estéticas caracteriza o trabalho de Cleiton Ribeiro como um campo visceral de espontaneidade.

Oscar D’Ambrosio
@oscardambrosioinsta
Pós-Doutor e Doutor em Educação, Arte e História da Cultura, Mestre em Artes Visuais, jornalista, crítico de arte e curador.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes