Indefinível felicidade

Um conjunto de imagens é o resultado de uma concepção que sai da mente e passa, por meio de algum processo estético, para um suporte. Os trabalhos de João Marcelo Szwec são, nesse aspecto, um exercício permanente do fazer. Existe geralmente uma atmosfera de alegria e movimento no uso das cores e na concepção equilibrada do espaço.

Suas obras, que podem ser vistas ao vivo no Atelier BB 39 (@atelierbb39), em São Paulo, SP, propiciam um mergulho na gestualidade. Personagens, tanto solitários como em pares ou em grupo, parecem ser simples em um primeiro olhar, mas estão plenos de complexidade, pois são resultado de um progressivo amadurecimento visual.

O essencial está em criar elos entre as representações humanas apresentadas e o entorno. O artista se vale de diversas técnicas para revelar aspectos humanos muitas vezes deixados de lado. Retoma assim um pensamento do filósofo francês Edgar Morin: “O ser humano alimenta-se de pão, mas também de poesia”.

As obras constituem manifestações que brotam com naturalidade. São expressões plenas e espontâneas que saem da mente para o mundo com liberdade. Perante uma sociedade regida pelo abandono em diversas esferas, seus trabalhos constroem pontes que propiciam travessias pelo tempo e espaço rumo a uma indefinível felicidade.

Oscar D’Ambrosio
@oscardambrosioinsta
Pós-Doutor e Doutor em Educação, Arte e História da Cultura, Mestre em Artes Visuais, jornalista, crítico de arte e curador.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes