HPA e HEC captam primeiras doações de órgãos de 2023

Os hospitais Padre Albino e Emílio Carlos realizaram as primeiras captações de órgãos neste ano. Na última sexta-feira, 6 de janeiro, a doação foi autorizada pela família de paciente de 66 anos, que estava internada na UTI-HPA após aneurisma cerebral roto, evoluindo para morte encefálica.

Os familiares foram informados sobre o óbito que, após o acolhimento, optaram pela doação dos órgãos, já que esse era desejo da paciente ainda em vida. Profissionais médicos do Hospital de Base de São José do Rio Preto, juntamente com a equipe do HPA captaram rins, fígado e córneas. “A generosidade da família em respeitar o desejo de seu ente possibilitou com que outros pacientes retomem suas atividades e tenham uma melhor qualidade de vida e, consequentemente, saírem da fila de espera por um órgão”, disse a equipe médica.

Nos dias 7 e 8 de janeiro, a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante/CIHDOTT do Hospital Emílio Carlos fez duas captações de córneas que vão possibilitar com que até quatro pessoas voltem a ter suas visões reestabelecidas. “Nossa equipe trabalhou na identificação e a possibilidade da doação com autorização dos familiares, procurando respeitar qualquer decisão e nos colocando à disposição para quaisquer dúvidas neste momento”, disse a Comissão, informando que “atualmente, além da decisão do próprio doador em vida, quem autoriza são os familiares com grau de parentesco até o 2º grau, sendo pais, filhos, irmãos, avós, netos ou cônjuges”.

Foto: Divulgação FPA.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes