Gramado é um glamour

Dr. José Carlos Buch é advogado tributário , colunista e colaborador do portal GNOTICIA.
Em todos os meses do ano são vários eventos acontecendo (feiras, convenções, congressos, campeonatos, festas, etc) que atraem visitantes e turistas do país todo e até do exterior.

Em todos os meses do ano são vários eventos acontecendo (feiras, convenções, congressos, campeonatos, festas, etc) que atraem visitantes e turistas do país todo e até do exterior.

Nesse Brasil de crise e incertezas você já se imaginou residindo ou visitando uma cidade de apenas 43 mil habitantes, mas que convive com uma população flutuante anual média de uma vez e meia o número de habitantes?

Você acreditaria que, nesse lugar não tem homicídio, assalto ou furto, também não tem sinal de trânsito e todos veículos param antes da faixa dando preferência aos pedestres? E mais, você seria capaz de se convencer que, nesse lugar existe mais de 200 restaurantes e quase esse mesmo número de hotéis e pousadas? E o banheiro público existente no marco zero da cidade, próximo da rua coberta, você apostaria que seria todinho em granito e tão limpo quanto ao de sua casa?

E, com tudo isso, você acreditaria que a cidade há mais de 30 anos é administrada por prefeitos sempre do mesmo partido, cuja honestidade, integridade e interesse público estão acima de qualquer suspeita? Então, não se surpreenda, esse pedacinho do paraíso florido em pleno Brasil da Dilma e seu PT, do Cunha e Renan e do PMDB de ambos, existe e pertence a um dos estados mais regionalista da federação.

Tanto é verdade que uma notinha da revista Veja desta semana, na página 27, dá conta que, segundo o site TripAdvisor, a cidade desbancou as mais procuradas neste verão pelos brasileiros.

Nesse lugar, fala-se um pouco do gauchês: o dinheiro é chamado de pila; ir ao supermercado é fazer rancho; sinal de trânsito é sinaleira; rotatória é rótula e as crianças são as gurias.

A festa do Natal Luz começa no dia 31 de outubro e vai até 17 de janeiro, com espetáculos que nada devem aos melhores shows internacionais em qualidade artística, som e iluminação, dentre eles o show do lago “Eu sou Maria; Grande Desfile de Natal; Natal Mágico com Kronnus; Natal pelo Mundo e muitos shows e apresentações, sem cobrança de ingressos. Todos deslumbrantes e vistos anualmente por dois milhões de visitantes.

A cidade foi colonizada por alemães e italianos no início do século XX e conserva uma arquitetura que lembra as cidades suíças. Bastante iluminada, é um verdadeiro jardim com flores em todas as rótulas(rotatórias) e canteiros centrais das avenidas e, pra completar o jardim Deus presenteou o lugar com hortênsias em dois tons de azuis que ornamentam as margens das estradas e estão em todos os cantos, formando verdadeiros colchões coloridos.

É preciso tempo e um pouco de dinheiro pra conhecer tantos parques e lugares fascinantes, como Mini Mundo, Snowland, passeio de bondinho, sem deixar, é claro de saborear o famoso strudel do Castelinho em Canela; a cuca, as bolachas, o pão doce e também o strudel feitos pela colônia alemã nos fornos à lenha da Av. Borges de Medeiros(a principal da cidade), a cinco quadras do centro da cidade. Ah, e o visitante pode escolher entre as 12 marcas de chocolates fabricados na região, com qualidade e variedade que não devem nada aos suíços, com uma diferença básica: o preço é em pila.

Em todos os meses do ano são vários eventos acontecendo (feiras, convenções, congressos, campeonatos, festas, etc) que atraem visitantes e turistas do país todo e até do exterior, de modo que a economia local não sabe o que é sazonalidade. Os mais conhecidos, além do Natal Luz é o Festival de Cinema, que acontece em agosto e a Páscoa(Gramado Aleluia).

Não bastasse tudo isso você vai se deparar com um povo extremamente educado como sem igual em qualquer outro lugar do país. Estar em gramado é como se você estivesse numa cidade provinciana e ao mesmo tempo moderna da Europa, mas onde todos falam o português.

Você não pode deixar de visitar também a vizinha Canela e ainda Nova Petrópolis, distante 35 quilômetros, com sua população predominantemente descendente de alemães, arquitetura típica e uma praça central que lembra um tapete de flores. E então ficou fascinado(a)?
Arrume as malas e aproveite o mês de fevereiro quando os preços dos hotéis são significativamente reduzidos. Boa viagem e desfrute desse fascínio, porque estar em Gramado é um verdadeiro glamour.

advogado tributário
www.buchadvocacia.com.br
[email protected]

Be the first to comment on "Gramado é um glamour"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*