FPA encerra programação dos 50 anos sem Padre Albino na praça

A Fundação Padre Albino encerra a programação dos ‘50 anos sem Padre Albino. Ele vive através de suas obras’ neste sábado (30) na praça Monsenhor Albino, a partir das 20 horas (após a missa das 19 horas da Matriz).

Inicialmente serão anunciados e premiados os vencedores do Concurso Cultural de Redação “Catanduva e Padre Albino: A cidade e seu benfeitor” realizado em parceria com a Secretaria de Educação do município e a Diocese de Catanduva. O concurso foi dirigido aos estudantes do Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) das escolas municipais e catequisandos da Diocese, estimulando o conhecimento sobre o trabalho de Padre Albino e o que ele significou para Catanduva. Os alunos deviam contar em suas redações a trajetória do benfeitor, evidenciando como suas ações contribuíram para o desenvolvimento e crescimento de Catanduva.

No mês de agosto, as escolas participantes do concurso – E.M.E.F.s ‘Arnaldo Zancaner’, ‘Nelson de Macedo Musa’, ‘Graciema Ramos da Silva’, ‘Darci Helena Delgado Januário’ e Waldemar Martins Aydar receberam palestras ministradas pela equipe do Centro Cultural e Histórico Padre Albino/CCHPA para auxiliar os trabalhos em sala de aula. As catequistas receberam material impresso para orientar seus catequisandos.

A comissão avaliadora recebeu 121 redações – 25 das escolas do município e 96 das paróquias, sendo Catedral, Imaculada Conceição, Nossa Senhora de Fátima, Santa Rita de Cássia, Santo Expedito, São Domingos, São Francisco de Assis, São José e São Judas, de Catanduva; São Sebastião, de Ibirá; São José, de Itajobi; Divino Espírito Santo, de Marapoama; Santa Clara e São Sebastião, de Novo Horizonte; Nossa Senhora dos Remédios, de Tabapuã; Imaculada Conceição, de Novais; São João Batista, de Roberto, e Santa Adélia (Matriz e capela). A comissão foi formada pelo jornalista Mauro Assi; os publicitários Maria Cândida Gil Fernandes Vitral e Alan Rodrigo Gazola; o Prof. Sidnei Stuchi e a Profa. Dra. Silene Fontana.

Os três classificados receberão prêmios: o primeiro lugar uma Alexa (inteligência artificial controlada por voz); o segundo lugar, uma caixa de som JBL Go; e o terceiro lugar, fone de ouvido gamer bluetooth. A escola e a paróquia cujas redações conquistarem o primeiro lugar terão como prêmio um notebook.

Peça teatral

Após a premiação do concurso de redação a Cia da Casa Amarela apresentará a peça teatral “Padre Albino: legado para uma cidade”, produzida para a comemoração dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva.

“A programação será encerrada com chave de ouro e grande emoção”, disse Mauro Assi, assessor de imprensa da Fundação. “Ver o ator Carlinhos Rodrigues, que interpreta Padre Albino, saindo da Matriz, igreja que ele construiu e a primeira das muitas obras dele em Catanduva, será emblemático”, concluiu ele.

As pessoas assistirão à peça gratuitamente. Quem quiser pode levar um quilo de alimento não perecível, que será dividido entre o Recanto Monsenhor Albino e o Fundo Social de Solidariedade do Município.

Os interessados em conhecer mais sobre a vida e obra de Padre Albino devem acessar o site www.funcacaopadrealbino.com.br/50anos

Fotos: Comunicação FPA.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes