FPA, AEC e Família Sanches Fernandes lançam campanha para aquisição de equipamentos para novos leitos de UTI/COVID/SUS

Diante do agravamento da pandemia de COVID-19 e do consequente aumento dos casos, superlotando os hospitais de Catanduva e região, inclusive com risco da falta de medicamentos essenciais para intubação dos pacientes e da necessidade imediata e urgente de aumentar a capacidade de internação em leitos de UTI, a Fundação Padre Albino (FPA), a AEC – Associação de Assistência ao Hospital Emílio Carlos e a Família Sanches Fernandes lançaram a campanha “Empresas que salvam” para arrecadar recursos para aquisição de equipamentos para instalação de 15 novos leitos de UTI no Hospital Emílio Carlos, em Catanduva.

Com a chegada de parte dos equipamentos, a Fundação Padre Albino ativou, de forma emergencial, neste domingo (04/04), cinco novos leitos de UTI/COVID/SUS dos 15 previstos na Unidade de Respiratórios Agudos (URA), no Hospital Emílio Carlos. Todos já estão ocupados. Com esses cinco novos leitos, a Fundação passa a contar com 25 leitos de UTI/COVID/SUS.

De acordo com o presidente da Diretoria Executiva da Fundação Padre Albino, Reginaldo Lopes, até o momento já foram arrecadados pouco mais de 50% do valor total para pagamento dos equipamentos.

Os empresários que quiserem colaborar devem acessar o site http://ajudeaec.com.br/ Os doadores serão reconhecidos através do selo “Empresas que salvam” e placa de reconhecimento, conforme tipo de doação realizada, que serão fixadas no Hospital Emílio Carlos. Os valores serão depositados na conta da Fundação Padre Albino; portanto poderão ser dedutíveis do imposto de renda da empresa doadora, desde que o valor não ultrapasse 2% do lucro operacional da mesma.

Compartilhar Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Notícias relevantes