Festival de Corais de Catanduva reúne 250 vozes e recebe profissionais de vários estados brasileiros

Catanduva será palco, pela 9ª vez, do Festival de Corais de Catanduva – FESCC, maior festival de canto coral do interior de São Paulo, que acontece de 7 a 10 de setembro, no Clube de Tênis Catanduva. Esse ano, o evento receberá profissionais de vários estados brasileiros e irá retornar ao palco do Clube de Tênis Catanduva com 250 inscritos no festival (crianças, adolescentes e adultos), formando um grande coral que se apresenta no concerto final com um repertório único.

De acordo com a coordenadora do FESCC, Marcela Milani, é com grande alegria e muita dedicação de uma grande equipe que a 9ª edição do FESCC será realizada. “Após dois anos de pandemia, em que acabamos realizando o festival em formato virtual em 2020, e 2021 realizamos uma parte on-line e uma parte presencial em formato reduzido, estamos muito orgulhosas em poder promover esse evento em Catanduva em seu formato original, com as masterclasses e o concerto final, confirmando que o FESCC se mantém como um dos eventos mais importantes do canto coral no Brasil”, destaca.

Diferente dos demais festivais que acontecem pelo Brasil, em que cada coral se apresenta individualmente, no FESCC todos cantam juntos as mesmas músicas, formando um grande coral. Para isso, é necessário muito ensaio, preparação e dedicação de todos os envolvidos. “Esse ano, além das crianças e jovens de Catanduva, do projeto de aulas do FESCC, receberemos também os corais do Paraná e de São Paulo capital”, ressalta Marcela.

Personalidades do cenário de canto coral estarão presentes em Catanduva, como Eduardo Fernandes, diretor do Coral da USP (CORALUSP); a pianista Juliana Ripke, que atua na Orquestra Sinfônica de São Paulo (OSESP) , Patricia Costa, destacada regente que já ganhou o festival internacional Suma Cum Laude International Youth Music Festival; Reynaldo Puebla, diretor cênico argentino; Ângelo Fernandes, professor da UNICAMP; e Silmara Drezza, coordenadora pedagógica dos corais do Instituto Baccarelli. Integrando a banda, teremos também dois músicos excepcionais: Ari Colares, na percussão, e Paulo Milani, na bateria. “Esses profissionais estarão ministrando masterclasses para os inscritos em aprimorar técnicas e conceitos; para participar, é necessário realizar a inscrição, que é gratuita, através do site www.fescc.com.br, pois as vagas são limitadas”, destaca ainda.

Sobre o concerto final, que é o grande ápice do FESCC e emociona o público todos os anos, este será realizado no salão social do Clube de Tênis Catanduva, no dia 10 de setembro, às 19h30. A entrada é gratuita, com retirada de convite antecipadamente no Conservatório Santa Cecília a partir do dia 05/09. “Nossa expectativa é realizar um evento grandioso, com mil pessoas na plateia, oferecendo um espetáculo de alta performance para os presentes”, completa Marcela Milani.

Sobre o FESCC

O FESCC tem como objetivo, através do canto coral, elevar o conhecimento e enobrecer o ser humano através da música coral, em Catanduva e todo o estado de São Paulo, contribuindo com o refinamento da cultura brasileira.

O festival não é competitivo e não tem por finalidade a premiação, mas sim desenvolver a cultura de nosso país, incentivar a manutenção de grupos de canto coral brasileiro, colaborar com a formação de novos grupos corais, estimular a prática do canto coral e democratizar o acesso à cultura.

Esta edição é realizada através da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, do Governo do Estado de São Paulo, e conta com patrocínio oficial da Tietê Agroindustrial e Itaipu Transformadores.
O FESCC, além da semana cultural, também possui um projeto com aulas gratuitas que acontece o ano todo, proporcionando formação para crianças e adolescentes participantes da cidade de Catanduva e cidades vizinhas. O projeto de aulas tem incentivo do Ministério do Turismo, Secretaria Especial de Cultura, Governo Federal.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes