Especializada no envio de encomendas urgentes, MoveToGo inicia operação na região de Rio Preto

MoveToGo atua de São Paulo para 45 cidades do Brasil. A transportadora segue tendência de crescimento global no setor e projeta aumento de 25% no faturamento.

A MoveToGo, empresa especializada no transporte de encomendas urgentes, passou a operar em São José do Rio Preto, no noroeste paulista. A transportadora projeta um crescimento de 25% neste ano, depois de faturar R$ 3,8 milhões em 2017.

A empresa atua no mercado desde 2011 e já transportou mais de 15 mil encomendas. Podem ser despachadas, mercadorias com valor de até R$ 12 mil.

“Nosso diferencial é a segurança na hora de transportar os produtos. Todas as nossas encomendas são levadas com seguro da Porto Seguro e isso dá tranquilidade aos clientes”, assegura o Ceo, Claudio Alvadjian.

Consultor, Claudio diz que a tendência mundial aponta para o crescimento no volume transportado no modal aéreo, o mais usado pela MoveToGo, 60% do volume total.

“Quem compra ou quem despacha um produto quer a encomenda no destino o mais rápido possível”, destaca o empresário, que oferece o serviço de entrega urgente partindo de São Paulo para 45 cidades do país onde conta com estrutura fixa.

“No caso da nossa empresa, investimos na implantação de uma plataforma de cotação e contratação através do nosso site. Temos ainda uma estrutura sofisticada que permite coletar a encomenda até o fim do dia em São Paulo e levá-la para a cidade destino na manhã seguinte”.

No ano passado, o Brasil transportou 426.208 toneladas de cargas em aviões, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Um crescimento de 1,8% na comparação com 2016.

Com economias cada vez mais globalizadas, espera-se aumento na demanda por transporte aéreo de cargas. A Airports Council International (ACI), entidade que reúne 1953 aeroportos no mundo, diz que o Brasil (21,1%) e a Argentina (29,1%) lideraram o crescimento no frete aéreo de cargas na América Latina em janeiro.

“É um mercado em franca expansão. Mas para crescer as empresas precisam se comprometer cada vez mais em garantir qualidade, pontualidade e segurança a quem precisa despachar suas encomendas”, orienta o consultor.

Fonte: Passo Avanti