Enfermagens do HEC e HPA são conscientizadas sobre segurança transfusional

Com o objetivo de conscientizar e reforçar os métodos que garantam a segurança do paciente em transfusão de sangue toda a equipe de enfermagem (auxiliares, técnicos, enfermeiros e coordenadores) dos hospitais Emílio Carlos e Padre Albino foi convidada a participar do circuito de procedimentos práticos, organizado pela biomédica Débora Ribas, responsável pelas agências transfusionais da Fundação Padre Albino.

As intervenções ocorreram nos corredores comuns dos hospitais, em todos os turnos de trabalhos, nos dias 11 e 12 de abril no HPA e nos dias 18 e 19 no HEC. O circuito integrou as atividades alusivas à Semana do paciente, data nacional que permite que os serviços de saúde desenvolvam, localmente, ações que reforcem a segurança do paciente, dos profissionais e do ambiente de assistência à saúde. “Todos os profissionais, em todos os níveis, devem ser treinados e qualificados a exercer suas funções adequadamente com o objetivo de minimizar os riscos decorrentes da transfusão, sejam eles imediatos ou tardios”, reforça Débora Ribas.

Durante a realização das atividades foi feita simulação de um ambiente transfusional, apresentando eventos adversos que podem ocorrer numa situação real. “No decorrer do procedimento, os cuidados de enfermagem são voltados a acompanhar e monitorar o estado do paciente, de modo que ele possa reconhecer e intervir imediatamente, de maneira eficaz, caso ocorra reação transfusional, sempre atentando para o estado físico inicial do paciente”, explica a biomédica.

Organizado pelas Agências Transfusionais da FPA, o circuito contou com a participação da enfermeira do Núcleo de Segurança do Paciente Letícia Saturnino, em parceria com o Comitê Transfusional e com o Núcleo de Educação Permanente.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes