Enfermagem do HPA faz treinamento em ressuscitação cardiopulmonar adulta

Reconhecer os sinais e sintomas que demonstram gravidade nos pacientes é extremamente importante. O atendimento precoce pode evitar a evolução para uma parada cardiorrespiratória (PCR), choque, insuficiência respiratória ou piora do quadro clinico. Nesse momento, seja ambiente hospitalar ou não, o atendimento ágil e eficiente por uma equipe preparada pode salvar vidas. De 18 a 21 de outubro, os profissionais de enfermagem e fisioterapia do Hospital Padre Albino receberam treinamento prático e teórico em Atendimento de RCP (Ressuscitação Cardiopulmonar) com objetivo de capacitar a equipe para atendimento nas emergências ao paciente adulto.

Os treinamentos foram coordenados pelo NEP – Núcleo de Educação Permanente do hospital, em parceria com o curso de Enfermagem/Unifipa. “O raciocínio rápido e a habilidade da equipe de enfermagem fazem toda a diferença quando se trata de um atendimento emergencial. Sendo assim, os treinamentos específicos, tanto técnicos como teóricos do profissional no ambiente hospitalar são prioritários para um atendimento ágil, resolutivo e humanizado das urgências”, ressalta a enfermeira Ana Lúcia do Santos, do NEP.

As docentes do curso de Enfermagem, professoras mestras Tais Pagliuco Barbosa, Janaína Ornellas Thomazini e Giovana Spina acompanharam os alunos do estágio supervisionado de 4º ano, que contou com apoio da Liga de Urgência e Emergência. “A assistência de enfermagem eficiente prestada às vítimas é o grande foco de um atendimento emergencial; para tanto, sabe-se que os profissionais necessitam de capacitação teórica e prática”, disse a professora Tais Barbosa.

Fotos/Divulgação FPA

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes