EMCAa inicia levantamento de índice de larvas do Aedes aegypti

Começo de ano, de olho na dengue! A Prefeitura Municipal de Catanduva, por meio da EMCAa (Equipe Municipal de Combate ao Aedes aegypti), inicia nova rodada de Avaliação de Densidade Larvária (ADL), nesta segunda-feira, dia 3. A ação vai até o dia 18 e consiste em identificar a situação atual da cidade, por bairro, referente à quantidade e infestação de larvas e criadouros do mosquito transmissor da dengue, chikungunya, zika e febre amarela.

O trabalho da EMCAa é contínuo e, na atual fase, 3 mil imóveis serão vistoriados. De forma aleatória, os imóveis são sorteados. A pesquisa é executada nos quadro cantos da cidade. Para isso, o município é dividido em cinco áreas, cada qual com média de 600 locais sendo eles: residenciais, comerciais e pontos estratégicos que serão vistoriados.

Após vistoria no local, se identificada a larva, o material é coletado para análise laboratorial, que irá aferir o percentual de infestação. No último levantamento realizado em outubro de 2021, Catanduva apresentou índice insatisfatório, de 2,6% e entrou em estado de alerta. O recomendado pela Organização Mundial de Saúde é de 1%.

Paralelamente a esse estudo, os agentes permanecem envolvidos com a força-tarefa no combate à dengue. Nesta segunda, na parte da manhã, o trabalho de bloqueio contra criadouros foi executado no Solo Sagrado I e Tarraf.

Disk-dengue

Em caso de denúncia, os agentes podem ser acionados pelo Disk-Dengue: (17) 3531-9200.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes