EMCAa aprimora técnicas em capacitação para uso de larvicida e inseticida

Agentes de endemias reunidos! A EMCAa (Equipe Municipal de Combate ao Aedes aegypti) passou por capacitação técnica para utilização de larvicida e inseticida Natular, nas ações de combate à dengue. Como diferencial, o larvicida possui substância residual, cuja ação permanece ativa por até 60 dias e, o inseticida, por 15 dias. A iniciativa foi coordenada pela Secretaria de Saúde e contou com a presença do Prefeito Padre Osvaldo e o secretário de saúde – Rodrigo Neves.

No encontro, os agentes receberam informações quanto à aplicação correta e dosagem adequada dos produtos, que são distribuídos ao município pelo Estado. O aprimoramento consiste em reforçar o trabalho diário de prevenção e controle de arboviroses.

A equipe se dividiu em dois períodos no curso. A primeira etapa teve a participação dos agentes que atuam nas vistorias casa a casa e utilizam o larvicida Natular. A segunda parte foi voltada ao grupo que faz a nebulização costal. A atividade foi ministrada por Theodoro Cunha, gerente regional da Fabricante Clarke – empresa americana que fornece larvicida e inseticida ao Ministério da Saúde e Pablo Darc Soares de Camargo, engenheiro agrônomo, da empresa Sistema distribuidora dos produtos.

O curso foi ministrado sem custos à Prefeitura e, por bonificação, a municipalidade foi contemplada com uma remessa significativa do larvicida Natular, já repassada à EMCAa.

Boletim

Catanduva fechou o primeiro semestre deste ano com 3.224 casos confirmados de dengue. O boletim epidemiológico mostra que as notificações estão numa diminuindo, levando em conta os casos positivos de abril (1.296), maio (992) e junho (191).

Fonte: Assessoria de Comunicação

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes