Em plena pandemia, Vaca Mecânica mantém produção de leite de soja

Em plena pandemia, a Vaca Mecânica estima produzir mais de 240 mil saquinhos de leite de soja neste ano. Toda a produção é distribuída para a população cadastrada e também para alguns departamentos da prefeitura e entidades, tais como, Recanto Monsenhor Albino, Cooperativa Recicla Catanduva.

A distribuição para as famílias cadastradas ocorre de quarta e quinta-feira, das 8h às 17 horas, na sede da Assistência Social, localizada na Rua Natal, 212. “Pretendemos manter a distribuição de forma ininterrupta. As pessoas que queiram participar desse benefício devem se dirigir a um CRAS mais próximo de sua residência e fazer o cadastro. É importante lembrar que para fazer parte é preciso ter o encaminhamento de um médico. A quantidade recomendada é doada para todos, sem distinção”, ressalta o secretário municipal de assistência social Juninho Bugança.

O leite de soja é rico em vitamina A, potássio e isoflavonas. Contém tanta proteína quanto o leite e tem um fator calórico mais baixo do que o leite integral. Sem contar que tem pouca gordura saturada.

Contrato

Recentemente, o Prefeito de Catanduva, Padre Osvaldo de Oliveira Rosa firmou parceria com a Associação dos Fornecedores de Cana da Região de Catanduva para utilização do equipamento que fabrica o leite de soja, conhecido como Vaca Mecânica. A prefeitura está em posse da Vaca Mecânica desde 1985. O contrato de comodato é renovado a cada quatro anos. O controle da produção é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Compartilhar Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Notícias relevantes