Companhia Cênica faz ensaio aberto de seu novo espetáculo de rua, GENTE, para todas as idades, inspirado no Profeta Gentileza

A companhia Cênica, de São José do Rio Preto/SP, realiza nesta última semana de novembro uma série de ações gratuitas dentro do projeto de montagem GENTE, fruto de sua segunda parceria com o premiado diretor e dramaturgo Marcelo Romagnoli e que irá resultar em um espetáculo de rua para todas as idades inspirado na figura do Profeta Gentileza, conhecido por espalhar mensagens de amor e paz. O público poderá conferir um ensaio aberto terça-feira, dia 28, 19h30, na Praça das Rosas, localizada no Jardim do Seixas, seguido de bate-papo com a equipe criativa acerca do processo, inspirações e caminhos da montagem.

Antes do ensaio aberto, na segunda, dia 27, 19h30, na sede da companhia, também no Jardim dos Seixas, está programado um encontro com Romagnoli para o lançamento do projeto, aberto a todas as pessoas interessadas. Na ocasião, o encenador compartilha suas ideias e experiências sobre teatro para crianças e sobre a feitura do ato teatral em grupo, com a participação da equipe do espetáculo GENTE, da Cênica. E, quinta-feira, dia 30, haverá duas apresentações exclusivas para o público interno no Hospital Dr. Adolfo Bezerra de Menezes, onde o grupo realizou vivências artísticas durante o processo.

As pesquisas para a montagem de GENTE tiveram início no primeiro semestre. Já o processo de criação da dramaturgia textual e cênica começou em agosto, por meio de imersões entre Romagnoli e a equipe criativa. A primeira parceria da Cênica com o encenador, que assina texto e direção, foi por meio da orientação dramatúrgica para o espetáculo Oi Lá, Inezita (2018).

A ideia original é de Fagner Rodrigues. O elenco conta com Andrea Capelli, Christina Martins, Fabiano Amigucci, Geovanna Leite, Glauco Garcia e Vanessa Palmieri. Direção musical de Cairo Francisco. Figurinos por Adbailson Cuba e cenografia de Léo Bauab.

Movido por vozes astrais, o Profeta Gentileza, batizado José Datrino (1917-1996), saiu de Cafelândia, sua cidade natal, no interior paulista, e ficou famoso no Rio de Janeiro com um discurso incorporado e uma obra urbana que se propagou por todo o país e até hoje influencia as relações cotidianas. Mobilizado pela tragédia do Gran Circo Norte-Americano, alvo de incêndio em 1962, em Niterói, que provocou a morte de 503 pessoas, abandonou tudo o que tinha para dedicar-se à sua missão.

A dramaturgia segue a biografia de Datrino desde seu nascimento até sua transfiguração como o profeta urbano, ao mesmo tempo utilizando-se da liberdade poética para fazer referências a outras figuras, poetas da loucura e transgressores da lógica: Stela do Patrocínio, Estamira, o escritor Qorpo-Santo, Lima Barreto e Artur Bispo do Rosário. Outra referência é à rio-pretense Carmela Dalva Lombardi, conhecida popularmente como Vandeca.

O espetáculo conta com músicas originais, criadas especialmente para o trabalho. Além do hospital Bezerra de Menezes, o processo de montagem contou com a parceria do Terreiro Vó Benedita de Angola, sediado em São José do Rio Preto.

Com estreia oficial prevista para o primeiro semestre de 2024, em São José do Rio Preto, a peça também será apresentada nas cidades de Cafelândia e Mirandópolis, cidades de nascimento e morte de Datrino.

O projeto é viabilizado pelo Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura e Economia Criativa, por meio do ProAC – Programa de Ação Cultural.

Sobre Marcelo Romagnoli

Dramaturgo e diretor de teatro estabelecido na cidade de São Paulo. Formado em direção teatral pela ECA/USP e história da arte pelo Instituto Lorenzo de Médice (Florença, Itália), recebeu os mais importantes prêmios do setor (APCA – Associação Paulista dos Críticos de Arte, Coca-Cola FEMSA, Governador do Estado, entre outros) tanto para sua dramaturgia como para direção teatral. É diretor da Banda Mirim e da Cia Bendita e desde 1998 escreve regularmente para crianças e jovens, com 27 textos encenados pelo Brasil. Tem seis livros publicados e um e-book lançado: “A CRIANÇA MAIS VELHA DO MUNDO” (Panda Books); “OS MUNDOS DE TERESA” (Cia das Letras, traduzido para o espanhol e para o coreano); “SETE TEXTOS DE TEATRO PARA CRIANÇAS E JOVENS” (Secretaria de Cultura de SP); “FILOSOFIA DA REVOLUÇÃO” (British Council); “TERREMOTA” (Cia das Letras, recebeu o Selo Altamente Recomendável da Fundação Nacional do Livro Infanto-Juvenil) e “ELAGALINHA” (Ed. Patuá), contemplado pelo edital estadual ProAC 2018 – Criação e Publicação de Dramaturgia; E-Book “Dramaturgia sem idade”, contemplado pelo edital estadual ProAC 2021.

Sobre a Cênica

Companhia teatral de repertório fundada em 2007 por Fagner Rodrigues, conta atualmente com 23 integrantes e onze espetáculos em circulação, concebidos para palco, rua, espaços alternativos e ambiente virtual. Ao longo de sua trajetória, suas pesquisas têm sido pautadas no teatro popular, na dramaturgia autoral, na música ao vivo enquanto elemento dramatúrgico e na ocupação de ruas e espaços não convencionais. Para além de suas produções artísticas, a companhia mantém, em sua sede, o projeto Território Cênico, voltado à pesquisa, formação e difusão artística-cultural, e realiza a Mostra Cênica Resistências.

Sinopse:

Espetáculo de rua para todas as idades, GENTE é inspirado na missão e nos delírios verdadeiros do Profeta Gentileza que, movido por vozes astrais, saiu de Cafelândia e ficou famoso no Rio de Janeiro com um discurso incorporado e uma obra urbana que se propagou por todo o país e até hoje influencia nossas relações cotidianas.

Ficha técnica:

Ideia original: Fagner Rodrigues

Dramaturgia e direção: Marcelo Romagnoli

Elenco: Andrea Capelli, Christina Martins, Fabiano Amigucci, Geovanna Leite, Glauco Garcia e Vanessa Palmieri

Direção musical, preparação percussiva e trilha ao vivo: Cairo Francisco

Composições originais: Marcelo Romagnoli (letras), Christina Martins, Fabiano Amigucci e Glauco Garcia (melodias), Cairo Francisco (arranjos) 

Figurinos: Adbailson Cuba 

Costura: Vergínia Santana e Rosa Graner

Cenografia: Léo Bauab

Assistente de Cenografia: Rafael Lemis

Pintura dos painéis: Deivison Miranda

Produção executiva: Fabiano Amigucci, Fagner Rodrigues e Simone Moerdaui

Administração financeira: Cássia Heleno e Vanessa Palmieri

Assessoria de imprensa: Graziela Delalibera

Apoio: Centro Cultural Vasco, Hospital Dr. Adolfo Bezerra de Menezes e Terreiro Vó Benedita de Angola

PROGRAMAÇÃO:

Encontro com Marcelo Romagnoli (lançamento do projeto): conversa aberta em que o dramaturgo e diretor compartilha suas ideias e experiências sobre teatro para crianças e sobre a feitura do ato teatral em grupo. A ação conta com a participação da equipe do espetáculo GENTE, da Cênica.

Quando: segunda, 27/11, 19h30

Onde: Sede Cênica (Avenida das Hortênsias, 263, Jardim dos Seixas, São José do Rio Preto)

Grátis. Livre.

Ensaio aberto GENTE

Quando: terça, 28/11, 19h30

Onde: Praça das Rosas (Avenida das Hortências, em frente ao Colégio Criarte, Jardim dos Seixas, São José do Rio Preto)*

60 minutos. Grátis. Livre.

Bate-papo ‘GENTE em processo’: a equipe criativa conversa sobre o processo, as inspirações e os caminhos da montagem. 

Quando: terça, 28/11, após o ensaio aberto

Onde: Praça das Rosas (Jardim dos Seixas)*

Grátis. Livre.

*Em caso de chuva, o ensaio aberto seguido de bate-papo acontecerá no Centro Cultural Vasco (Rua São João, 1840, Vila Zilda)

Apresentações (exclusivas para público interno): GENTE

Quando: quinta, 30/11, 9h e 14h30

Onde: Hospital Dr. Adolfo Bezerra de Menezes

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes