Com tecnologia própria, Yoopay investe na transparência para conquistar o mercado

Com atendimento personalizado feito por especialistas, máquina de cartões de Maringá permite que o empresário monitore as transações em tempo real por meio do portal gratuito oferecido pela empresa.

A transparência nas transações tem evidenciado o sucesso da máquina de cartões da Yoopay, um equipamento de cobrança, com tecnologia própria, desenvolvido por programadores da empresa que fica em Maringá (PR), local onde também começaram as operações. A empresa oferece aos empresários e empreendedores autônomos um portal no qual é possível monitorar em tempo real cada compra realizada na máquina e sem custo.

“Da transação até o momento em que o dinheiro cai na conta do nosso cliente, ele consegue monitorar por meio do portal, onde tem o perfil das transações, inclusive com a indicação de quantas operações foram feitas com cada bandeira de cartão”, explica o diretor comercial da Yoopay, Kleber Selhorst.

Essa novidade, segundo o diretor, tem dado mais segurança aos clientes da marca. “Como o monitoramento é instantâneo, o comerciante, por exemplo, no ato da transação já sabe quanto foi descontado de taxa e o que vai cair na conta dele”.

Com taxas competitivas, a máquina de cartões da Yoopay opera com wifi e 3G, o cliente escolhe a data de recebimento do valor das vendas feitas por ela e também permite antecipar quantias transacionadas. Outro diferencial está no atendimento.

“As nossas concorrentes vendem a máquina e a partir daí, o comerciante ou o empreendedor só terá o 0800 como contato com a empresa. Na Yoopay, nossos especialistas fazem a venda e serão o consultor daquele cliente, especialistas no equipamento, justamente para dar o primeiro suporte”, compara Kleber.

O objetivo desse modelo de pós venda é garantir eficiência e humanizar o atendimento. “Nosso tempo de resposta a uma solicitação do cliente é de, no máximo, 24 horas. Isso torna a relação mais segura”, diz.

Fundada em 2016, a empresa de Maringá tem fortalecido as ações comerciais na cidade onde nasceu, como a participação na Expo Imin 110, evento realizado em comemoração aos 110 anos da imigração japonesa no Brasil. Os próximos passos visam a expansão e incluem levar a tecnologia criada no interior do Paraná para todo sul do Brasil e para o estado de São Paulo.

Atualmente, um terço das transações comerciais das famílias brasileiras é feito por meio de cartões, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços. No ano passado, as compras nessa modalidade de pagamento chegaram a R$1,36 trilhão.

Fonte: Passo Avanti