Catia Paganote revela polêmicas de sua fase como paquita em livro: ‘A regra era ter 54kg’

Yahoo Vida e Estilo Redação Vida e Estilo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A ex-paquita Catia Paganote, 42, que passou pela última edição de “A Fazenda” (Record), no ano passado, está nos preparativos do lançamento de sua autobiografia.

Em “A Minha Vida é um Xou”, que será lançado no dia 20 de março, Catia revela fatos e imagens inéditas dos bastidores do Xou da Xuxa.

Receba as novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais) no seu Whatsapp

Em trecho, enviado à reportagem, Catia fala sobre a exigência de se manter magra, que vinha diretamente de Marlene Mattos, diretora do programa. “Uma lembrança que faço questão de relatar é o fato da exigência de ser rigorosamente magra para ser e continuar sendo paquita do programa da Xuxa. Não tínhamos a opção de engordar”, diz Catia.

A exigência era de comer e de dormir bem, o que poderia fazer bem para o corpo, mas se alguém se mostrasse um pouco além do peso, até uma balança era trazida por Marlene. “Quando alguém saía da linha, a gente levava uma advertência e ficava em casa. Se a Marlene achasse que uma de nós tivéssemos engordado um quilo, a gente precisava subir na balança e voltava para casa com a missão de emagrecer dois quilos a menos do que mostrava na balança. A regra era ter 54kg”, revelou a ex-paquita.

Segundo Cátia, enquanto elas não chegassem ao peso exigido, ficavam longe do programa. “Não tive problemas com isso, pois sempre tive o mesmo corpo sem fazer esforço algum, mas era triste ver outras paquitas que se preocupavam, e tinham que lutar para manter o peso ideal para continuar seguindo o seu sonho. Era muito difícil, pois estávamos passando pela adolescência”, escreveu ela.

A última aparição de Catia na TV foi no elenco de “A Fazenda”. Ela foi expulsa do programa por conta de uma agressão praticada contra o humorista Evandro Santo durante uma atividade na piscina.

Catia, que estava na roça com Evandro, foi informada da decisão da direção do programa durante a transmissão ao vivo desta quinta, embora não tenha sido mostrado. Segundo o apresentador Marcos Mion, ela “descumpriu uma regra fundamental. Nenhum peão pode agredir outro ou ameaçar a integridade física”, afirmou.

A confusão começou quando os peões foram divididos em equipes para disputar um jantar japonês em uma prova de aquabol. Catia e Evandro discutiram durante todo o jogo e, em determinado momento, Catia deu um tapa na cabeça do humorista. Ela reclamava que ele estava segurando a mão dela, a impedindo de jogar.