Colunas

“Que saudade hein Jair?!

Daquele tempo em que você xingava sem reservas, ameaçava mulheres, defendia torturas, atacava negros, gays, índios… e nada acontecia. Tá bom… acontecia sim, uma frágil…