Catanduva promove Semana Municipal de Combate ao Aedes

Catanduva deu início à 2ª Semana Municipal de Combate ao Aedes aegypti nesta segunda-feira, dia 23. A primeira edição da campanha, que ocorreu em 2019, ganhou o apoio dos moradores da cidade, funcionários das empresas e de prédios públicos, além de mobilização intensa nas redes sociais.

Neste ano, a ação visa alertar a população sobre o início do período de chuva, que pode gerar focos do mosquito transmissor. A EMCAa (Equipe Municipal de Combate ao Aedes aegypti) reforça que, com atitudes simples e cuidados diários, é possível eliminar criadouros em casas e terrenos, prédios públicos e empresas.

A mobilização percorrerá diversos pontos da cidade, como hospitais, comércios e supermercados, até a próxima segunda-feira, dia 30, e terá o apoio das unidades de saúde do município para enfatizar a mensagem aos munícipes que comparecerem a esses locais. Diariamente, os funcionários abordarão o tema em sala de espera e nas visitas domiciliares realizadas pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

A orientação é que todos façam uma varredura diariamente em locais que possam acumular água, como ralos, piscinas, bebedouro de animais, vasos sanitários e de plantas, entre outros. Além disso, permitir a entrada dos agentes de endemias em casa é outro ponto fundamental para a prevenção.

Caso o morador identifique pontos com possíveis focos do Aedesm a denúncia é uma aliada importante, que pode ser feita de forma anônima pelo Disque Dengue, no telefone 3531-9200, pela Ouvidoria da Saúde, no 3531-9300, ou pelo aplicativo Ouvidoria Catanduva.

Sintomas

A Secretaria de Saúde recomenda que, ao apresentar algum sintoma, como febre, náusea, vômito, dores de cabeça, no corpo ou nos olhos, o cidadão procure pela unidade de saúde mais próxima da sua casa de forma imediata.

Imagem: Divulgação/ Prefeitura de Catanduva

Fonte: Assessoria/Prefeitura

Compartilhar Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Notícias relevantes