Catanduva abre 140 empresas e soma 5.140 microempreendedores

O programa “Empresa Agora” mantém sua eficiência com relação à formalização de empreendedores em Catanduva. Graças à desburocratização de procedimentos e o apoio dado pela Prefeitura desde 2017, a cidade somou mais 140 novos negócios somente em janeiro. No total, são 5.140 empresas atuando no mercado.

Para se ter uma ideia, em dezembro de 2016 havia 3.410 empreendedores formalizados no município. De lá para cá, mais 1.730 regularizam a documentação, ou seja, um incremento de mais de 50% no número de geradores de emprego e renda na cidade.

No Poupatempo, os empreendedores já constituídos ou os cidadãos interessados na formalização têm acesso a um conjunto de serviços totalmente desburocratizado que é pioneiro na região, um dos poucos no Estado de São Paulo.

“Temos como meta a total desburocratização e agilidade dos serviços municipais, principalmente daqueles que agem diretamente incentivando a geração de emprego e renda”, enfatiza o secretário de Desenvolvimento, Fabio Rinaldi Manzano.

Interessados podem tirar dúvidas com técnicos, agendar cursos de empreendedorismo no Sebrae, utilizar serviços gratuitos de constituição e licenciamento (regularização perante os Governos Federal, Estadual e Municipal), obter boletos para recolhimento de tributos e até solicitar empréstimo com juros baixos pelo Banco do Povo Paulista.

Comparativo

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Relação do Trabalho (Semdert) comparou Catanduva com dez municípios de porte semelhante e, de acordo com o Portal do Empreendedor, Catanduva é o 2º município da lista, empatado com Santana de Parnaíba, com maior saldo de MEIs abertas em janeiro de 2019:

MUNICÍPIO MEIS ABERTOS EM JAN/19
Guaratinguetá 161
Catanduva 140
Santana de Parnaíba 140
Birigui 137
Ribeirão Pires 120
Valinhos 115
Sertãozinho 114
Tatuí 105
Votorantim 104
Cubatão 85
Barretos 79

O Programa Empresa Agora tem apoio do Sebrae, Associação Comercial e Empresarial (ACE), Sindicato Rural e Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio).

Fonte: Assessoria/Prefeitura