Casos suspeitos de dengue mobilizam vistorias no Lunardelli

O serviço de combate à dengue está centralizado na Vila Lunardelli. A ação é preventiva e visa conter possível avanço de contaminação pelo Aedes aegypti, já que sete casos suspeitos foram notificados no referido bairro, somente nesta semana.

Os Agentes de Endemias estão vistoriando imóveis. O trabalho deve ser reforçado pelos Agentes Comunitários de Saúde do território, a partir desta quinta-feira, dia 7.

Na rotina de atividades no bairro já em andamento, boa parte dos imóveis está sendo encontrada fechada, condição que impossibilita a inspeção e, consequentemente, o resultado efetivo do trabalho.

A orientação da Secretaria Municipal de Saúde é que o morador receba os funcionários em suas casas para vistoria. Além disso, os responsáveis devem manter residências e quintais limpos, eliminando materiais que possam acumular água. Quem não for encontrado em casa receberá uma notificação para agendar inspeção pelo Disque-Dengue: 3521-4087.

De acordo com boletim epidemiológico divulgado esta semana, Catanduva confirmou sete casos de dengue em janeiro. No período, foram 71 notificações da doença. Do total, 15 exames deram resultado negativo. Outros 49 casos em sendo investigados.

Imagem: Divulgação/EMCAa

Fonte: Assessoria/prefeitura