Cana-de-açúcar no Centro-Sul tem aumento de 23% na produtividade em agosto, mostra levantamento do CTC

A média da produtividade dos canaviais colhidos no mês de agosto no Centro-Sul, de 90,5 toneladas por hectare, foi 23,2% superior à registrada na safra passada (73,5 t/ha).

No acumulado da safra 2023/2024, abril a agosto, a produtividade segue a mesma tendência, com variação positiva de aproximadamente 23% (92,8 t/ha nesta safra, contra 75,7 t/ha em 2022/23).

Os dados foram divulgados hoje pelo Boletim De Olho na Safra, elaborado pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC).

Já a qualidade da matéria prima (ATR) colhida no mês de agosto foi inferior, pelo segundo mês consecutivo, em praticamente todas as regiões, com exceção dos Estados de Goiás, Mato Grosso do Sul e Araçatuba.

O valor de ATR dos meses de julho e agosto afetou negativamente o acumulado da safra para esse indicador, porém, na média do Centro-Sul, os valores se igualam, sendo 134 kg/tc em 2022/23 e 133,5 kg/tc nesta safra.

Sobre o CTC

O CTC – Centro de Tecnologia Canavieira é uma empresa de biotecnologia e inovação, líder global em ciência da cana-de-açúcar. Tem um dos maiores bancos de germoplasma de cana-de-açúcar do mundo, com aproximadamente 5 mil variedades.

Nos laboratórios em Piracicaba (SP) e Saint-Louis (Missouri-EUA), as equipes de cientistas realizam trabalhos de ponta em desenvolvimento de novas variedades convencionais e geneticamente modificadas. 

Criado em 1969, o CTC contribuiu nestes mais de 50 anos de história para o avanço tecnológico do agronegócio nacional e a competitividade do setor sucroenergético, levando o Brasil à liderança mundial do setor, com produção sustentável de açúcar, etanol (biocombustível limpo e renovável) e bioeletricidade.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes