Calvície Masculina

No auge dos seus 35 anos, o príncipe William, do Reino Unido, membro da família real britânica, assumiu sua calvície.

Na última quinta-feira (18), o herdeiro apareceu com os cabelos inteiramente raspados em um evento realizado por funcionários do sistema público de saúde britânico (NHS).

Segundo o expert em transplantes capilares, Dr. Thiago Bianco, este problema atinge 40% da população masculina a partir dos 35 anos. “A principal causa de calvície masculina é a alopecia androgenética, que é uma predisposição genética associada a um componente hormonal, ou seja, isso vem de gerações e, independente de quantos filhos homens o príncipe tiver, todos estarão propícios a sofrerem com a calvície.”, ressaltou.

Quando detectada no início, a calvície pode ser atrasada ou mesmo interrompida com o uso de medicações como vasodilatadores e bloqueadores hormonais. Entretanto, se já existe o problema, somente o transplante capilar pode resolver. Porém, em áreas onde só aparece um afinamento dos fios, o processo pode ser retardado ou revertido.

Dr. Thiago Bianco, médico expert em transplantes capilares

Considerado um dos pioneiros a realizar a técnica de implante microfolicular guiado por vídeo, Dr. Thiago Bianco está apto para falar sobre qualquer assunto ligado à queda de cabelo (causa e tratamento) para homens e mulheres. Graduado em Medicina em 2006, especializou-se em cirurgia geral e trauma, além de direcionar sua carreira para área de implante capilar. Membro titular da ISHRS (International Society of Hair Restoration Surgery), atualmente realiza um trabalho pioneiro com as técnicas de FUT (Follicular Unit Transplant) e FUE (Follicular Unit Extraction) para o transplante capilar de barba e de sobrancelha.

Fonte: Contato Comunicação & Marketing