As principais habilidades na área da Biomedicina

O coordenador do curso de Biomedicina da Unifipa, Prof. Me. Daniel Henrique Gonçalves, atua na área há 23 anos. Recentemente desenvolveu artigo para alunos do curso com as 10 principais habilidades, segundo ele, que todo biomédico precisa ter. O objetivo é mostrar ao aluno de Biomedicina e aos alunos do Ensino Médio, que ainda não se decidiram por um curso específico, mas têm interesse em partir para a área da saúde, o quanto a Biomedicina pode agregar na carreira através de suas habilidades.

Para Prof. Daniel, “a Biomedicina é área que requer habilidades técnicas e científicas avançadas, bem como habilidades interpessoais e de comunicação. Para ter sucesso nessa área todo biomédico precisa desenvolver ampla gama de habilidades”, afirma o coordenador.

“A primeira habilidade é o conhecimento científico. Todo biomédico precisa ter sólida base científica para entender os conceitos de Biologia, Química, Anatomia, Fisiologia e outras áreas relacionadas à saúde. Habilidade em laboratório é fundamental devido às muitas tarefas do biomédico, que envolvem a realização de experimentos em laboratório. Isso requer habilidades técnicas e práticas em equipamentos, análise de dados, interpretação de resultados e trabalho em equipe. Os biomédicos precisam ser observadores detalhistas para detectar sinais e sintomas de doenças e outras condições de saúde; portanto deverão desenvolver a habilidade de observação”, conclui.

O coordenador do curso aponta que os biomédicos devem identificar e resolver problemas com precisão e rapidez, usando conhecimento científico e habilidades de pensamento crítico, assim como habilidade de comunicação. “Os biomédicos precisam ser capazes de se comunicar de forma clara e eficaz com colegas, pacientes e outros profissionais de saúde. Ter habilidade de trabalho em equipe é fundamental, pois muitos projetos biomédicos envolvem o trabalho com outros profissionais de saúde e cientistas. É importante que os biomédicos possam trabalhar bem em grupo e contribuir com suas habilidades específicas”, considera.

Para Prof. Daniel, o gerenciamento de tempo é outra habilidade que os biomédicos precisam ter. “Eles devem ser capazes de gerenciar seu tempo com eficiência para realizar várias tarefas, cumprir e concluir projetos dentro do prazo. Assim como a habilidade de adaptação, a Biomedicina é área em constante evolução e, portanto, os biomédicos precisam ser capazes de se adaptar a mudanças tecnológicas, científicas e regulatórias”, explica. Ele lembra que os biomédicos precisam seguir padrões éticos rigorosos em seu trabalho diário, como garantir a privacidade e a confidencialidade dos pacientes e proteger a integridade dos dados científicos.

Por fim, Prof. Daniel destaca a habilidade de aprendizagem contínua. “A Biomedicina é uma área em constante evolução e os biomédicos precisam estar dispostos a aprender novas habilidades e manter-se atualizados sobre os últimos avanços científicos e tecnológicos para serem bem-sucedidos em suas carreiras”, finaliza.

Aos interessados no curso de Biomedicina da Unifipa, as inscrições para o Vestibular Continuado 2023 estão abertas e a prova pode ser realizada gratuitamente pela internet. Mais informações pelo 0800-772-5393.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes