Alunos de Enfermagem UNIFIPA realizam ação sobre sexualidade, orientação sexual e identidade de gênero com enfermeiros do município

Membros da Liga Materno-Infantil do curso de Enfermagem da UNIFIPA (Centro Universitário Padre Albino) desenvolveram ação de atualização para enfermeiros do município de Catanduva sobre sexualidade, orientação sexual e identidade de gênero. A capacitação aconteceu de forma remota, através do Zoom, no dia 9 de junho, às 15h00.

Essa abordagem, por sua vez, mostra-se extremamente importante para que profissionais de saúde promovam cuidado mais respeitoso e acolhedor na promoção, prevenção e recuperação da saúde de pessoas trans, já constantemente sofredoras de violência em diversos contextos sociais, familiares e religiosos.

“São necessárias ações de promoção de saúde devido à vulnerabilidade das pessoas trans, visto que, no Brasil, a expectativa de vida é de 35 anos e a taxa de suicídio é considerada alta. Pessoas lésbicas e bissexuais sofrem nove vezes mais abuso sexual quando comparado a pessoas heterossexuais. Assim, vemos o quanto é necessária a capacitação do profissional para ações específicas de promoção, prevenção e recuperação da saúde”, reforça a Profª. Ma. Luciana Braz de Oliveira Paes, que supervisionou o projeto junto a seus alunos.

Compartilhar Notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Notícias relevantes