Absenteísmo na saúde: desmarcar consultas é essencial para a eficiência do sistema

A Fundação Padre Albino, através dos hospitais Padre Albino e Emílio Carlos, Hospital de Câncer de Catanduva, Ambulatório Médico de Especialidades/AME Catanduva e Padre Albino Saúde, lança campanha de conscientização sobre o absenteísmo e a importância de desmarcar quando não se pode comparecer à consulta ou exame.

O absenteísmo (falta) tem sido preocupação crescente em diversos setores da saúde. Pacientes que não comparecem às consultas não apenas desperdiçam o tempo dos profissionais, mas também contribuem para a sobrecarga do sistema. As consequências podem incluir atrasos no atendimento para outros pacientes que estão na lista de espera, aumento dos custos operacionais e até mesmo a impossibilidade de acesso aos cuidados de saúde para aqueles que realmente precisam.

Um dos principais motivos do absenteísmo é a falta de conscientização. Muitas vezes, o paciente não percebe o impacto que sua ausência pode ter no sistema de saúde como um todo. Além disso, alguns podem sentir-se constrangidos em desmarcar a consulta, temendo serem vistos como irresponsáveis ou desinteressados.

No entanto, é fundamental que os pacientes entendam que desmarcar a consulta quando não podem comparecer é atitude responsável e que pode beneficiar não só a eles mesmos, mas também a outras pessoas que estão aguardando atendimento. Ao desmarcar com antecedência, os prestadores de cuidados de saúde podem realocar essa vaga para outros pacientes, reduzindo assim as filas de espera e garantindo acesso rápido e eficiente.

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes