Abril Azul: AME Catanduva promove ações de conscientização sobre Autismo

Como parte das ações voltadas ao Abril Azul, o AME Catanduva promoveu atividades referentes ao diagnóstico, investigação e conscientização do Transtorno do Espectro Autista/TEA. O objetivo foi humanizar o atendimento de crianças com sinais e seus sintomas, através de testemunhos e apoio do grupo de mães TEApoio.

A iniciativa faz parte do programa de educação permanente do Centro Integrado de Humanização da unidade. “No início do mês lançamos, nos canais digitais e mídias sociais, o nosso vídeo institucional sendo a 1ª unidade da região a implantar o diferencial de acolhimento e fluxo de atendimento a clientes em investigação e/ou com Transtorno do Espectro Autista”, pontuou a gerente administrativa do AME, Karulini Polo.

O vídeo também narra a história de Michele Alencar e seu filho Isac, com grau moderado de autismo, que é atendido pelo novo sistema. “Me senti muito bem acolhida e amparada dentro do AME. O Isac está mostrando melhoras tanto na socialização, quanto na aprendizagem”, disse Michele.

No dia 20 de abril foi promovida palestra de conscientização do Transtorno do Espectro Autista com mães ativistas do grupo TEApoio, Cláudia Vaz de Lima, Michelle Alencar e Ingrid Letícia Teixeira, que falaram sobre a causa e da luta diária na promoção do acolhimento e busca por políticas voltadas ao tema. “O evento aconteceu no saguão de recepção da unidade, envolvendo os colaboradores, pacientes e acompanhantes que aguardavam atendimento”, ressaltou a gerente de enfermagem do AME, Jaqueline Juvenazzo.

Para ver o vídeo sobre o atendimento especializado do AME Catanduva para portadores do TEA acesse o canal oficial da Fundação Padre Albino no Youtube, link https://bit.ly/AMECatandiva_TEA

Compartilhar Notícia

Notícias relevantes