10ª Edição do Circuito Sesc de Artes passa por seis cidades da região de Catanduva

Durante o final de semana de 13 a 15 de abril, os municípios de Bebedouro, Ibirá, Monte Alto, Novo Horizonte, Olímpia e Santa Adélia recebem shows, espetáculos de dança, circo e diversas intervenções artísticas livres para todos os públicos

De 6 a 22 de abril, o Sesc São Paulo realiza o Circuito Sesc de Artes, evento que circula por 120 cidades do interior, litoral e Grande São Paulo, em municípios que não têm unidades da instituição em seu território. Com atividades de artes visuais, circo, cinema, dança, música, teatro, literatura e tecnologias e artes, a decima edição do Circuito envolve 106 trabalhos artísticos com cerca de 400 artistas em mais de 1000 ações, todas gratuitas e livres para todos os públicos, que acontecem de sexta a domingo, das 16h às 21h30.

São cerca de 600 horas de programação, com apresentações realizadas em praças e ruas, neste evento que propõe a ocupação dos espaços públicos, ampliação das possibilidades de convivência, circulação de trabalhos artísticos e reflexões sobre outras relações possíveis entre centro e periferia.

Nessa iniciativa, Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc SP, afirma que a instituição, voltada para a Cultura em seu espectro mais amplo, “realiza uma programação que alcança cidades do interior e do litoral que não contam com a presença do Sesc, que traz a marca da diversidade e da pluralidade, mobilizando todos os públicos em torno da Cultura”. Miranda enfatiza que “realizar o Circuito Sesc de Artes em praças públicas, com acesso amplo e gratuito, colabora no fortalecimento das relações e das parcerias institucionais que se estabelecem localmente, pois assim mobiliza-se a comunidade em torno de atividades cujo caráter simbólico o Sesc entende como um direito fundamental de todos”.

O Sesc SP tem a parceria das prefeituras e sindicatos do comércio locais. Para a coordenação dos trabalhos, 21 unidades do Sesc em todo o Estado estão envolvidas na realização do evento que ocorre em cidades de suas regiões.

DESTAQUES NA REGIÃO

O Circuito vai percorrer seis cidades em um mesmo fim de semana, entre os dias 13 e 15 de abril. Em Monte Alto, Olímpia e Ibirá, a Cia. Nós do Bambu, de Brasília, apresenta seu mais recente espetáculo Mar Sem Beira, todo realizado com tripés artesanais de bambu. A atração musical fica por conta Da cantora e compositora Tássia Reis, que segue com a turnê de seu álbum Outra Esfera, presente na lista de melhores CDs de 2016. Nos shows, ela estará acompanhada do DJ 3D e por Lívia Mafrika. E com o objetivo de promover uma reflexão sobre a diversidade cultural e étnica do Brasil, a companhia de teatro Os Crespos se apresenta em Os Coloridos.

Já em Bebedouro, Santa Adélia e Novo Horizonte, o grupo Barracão Cultural apresenta a peça A Condessa e o Bandoleiro, eleito o melhor espetáculo jovem de 2015 pelo Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem, que conta a história de uma condessa que sonha com uma vida de aventuras, enquanto um bandoleiro vive todos os dias no limite do perigo. Já no campo das Artes Visuais, o Coletivo Unsquepensa Arte promove a oficina Dr. Gepetostein e os Brinquedos Mutantes, direcionada ao reaproveitamento e modificação de brinquedos usados, velhos e quebrados.

Na Dança, com as batidas dos DJs e MCs, a batalha de passinhos é levada para as cidades do interior com os dançarinos do Clássicos do Passinho que criam movimentos elaborados, incorporando elementos do break, frevo e capoeira em O Duelo.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA NA REGIÃO

2º fim de semana de Circuito na rua

Monte Alto | 13 de abril, sexta-feira

Praça Dr. Luiz Zacarias de Lima – Centro

Olímpia | 14 de abril, sábado

Praça Rui Barbosa – Centro

Ibirá | 15 de abril, domingo

Praça São Benedito (Praça Enestor São Benedito)

ATRAÇÕES

Circo

Mar Sem Beira

Cia. Nós no Bambu (DF)

A companhia circense de Brasília, conhecida pelo uso de esculturas de bambu em coreografias de dança acrobática, apresenta seu mais recente espetáculo, todo realizado com tripés artesanais de bambu. Na história, com elementos de acrobacia, manipulação e formas animadas, dois seres de realidades extremas tentam vencer as diferenças para encontrar algo que os una.

Teatro

Os Coloridos

Os Crespos (SP)

Duas araras, uma vermelha e outra amarela, conversam sobre suas diferenças e sobre quem é melhor, até serem surpreendidas por uma arara azul e por seres de muitas cores. No espetáculo, os atores Lucelia Sergio, Joyce Barbosa e William Simplício questionam de forma lúdica a visão do racismo e incentivam uma reflexão sobre a diversidade cultural e étnica do país.

Dança / Intervenção

Camelô AM/FM

Coletivo S/N (SP)

Carregado de memórias cênicas, o carrinho do ambulante transporta os objetos que são usados nas histórias, coreografias e dublagens, em sua interação com o público e com o espaço. Nesta performance e intervenção, o artista Calu Zabel propõe uma análise do cotidiano dos camelôs, carroceiros e ambulantes que marcam presença nos centros urbanos.

Música

Tássia Reis (SP)

A cantora e compositora segue com a turnê do álbum “Outra Esfera”, apontado na lista de melhores CDs de 2016 pela crítica especializada. Em 2017, ela participou do coletivo feminino Rimas & Melodias e também lançou a música “Xiu!”, que mantém sua observação sobre o cotidiano em uma mescla de hip hop, jazz e soul. Nos shows, Tássia é acompanhada pelo DJ 3D e por Lívia Mafrika.

Artes Visuais

Cavalete Andante (SP)

Bruno Perê e Jardélio Santos

O projeto leva uma ação de pintura a espaços não convencionais, pois o ateliê se instala ao ar livre. Os participantes são convidados a experimentar técnicas de pintura, brincar com as tintas, explorar seu lado mais artístico e visual e também utilizar acessórios como espelhos, borrifadores, saleiros, gravetos e plástico translúcido para compor a sua obra.

Literatura

Leia – Biblioteca na Praça

Muda Práticas Culturais e Educativas (SP)

O espaço que recebe o Circuito Sesc de Artes também ganha uma biblioteca ao ar livre, com bancos e almofadas, além de uma seleção de livros especialmente escolhidos. O público poderá, inclusive, fazer a troca de livros e levar um exemplar para casa, desde que deixe outro nas estantes.

Cinema

Cinema de Imersão – Realidade Virtual

Em parceria com a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Com cinco filmes, o público é convidado a experimentar essa tecnologia imersiva que abre possibilidades de novas formas de contar histórias. Neste formato o espectador é o protagonista da ação, construindo seu ponto de vista sobre o filme.

2º fim de semana de Circuito na rua

Bebedouro | 13 de abril, sexta-feira

Praça Barão do Rio Branco, Centro

Santa Adélia | 14 de abril, sábado

Praça Ademar de Barros, s/n, Centro

Novo Horizonte | 15 de abril, domingo

Praça 9 de Julho (Bancão)

ATRAÇÕES

Gabinete de Curiosidades e Habilidades

Literatura
Palavra + Imagem

Cia. Circo de Trapo (SP)

Com um acervo variado de livros ilustrados, mediadores convidam o público para leituras individuais e/ou compartilhadas.

Cinema
Curtas de Animação da Pixar

Exibição de uma seleção dos curtas-metragens de animação criados pelo estúdio Pixar, responsável por grandes sucessos do cinema e atualmente parte da Walt Disney Pictures.

Artes Visuais

Dr. Gepetostein e os Brinquedos Mutantes

Coletivo Unsquepensa Arte (SP)

Inspirado pelo bondoso criador do boneco Pinóquio e pelo doutor Victor Frankenstein, o grupo paulista promove uma oficina para reaproveitar, modificar e ressignificar brinquedos usados, velhos e quebrados. Com a troca de partes de bonecas e bonecos, carrinhos e outros objetos, os participantes usam a criatividade para dar vida a novos seres do universo da brincadeira.

Programação

Dança

O Duelo

Os Clássicos do Passinho (RJ)

Das comunidades e dos bailes funk vem a batalha de passinho. Seguindo as batidas dos DJs e as palavras de ordem dos MCs, os dançarinos criam e repetem movimentos cada vez mais elaborados, incorporando elementos do break, frevo, capoeira e até mesmo do kuduro e do contorcionismo. “O Duelo” será disputado por Celly Idd, Thamires Cândida, Sidy e André Db, com participação do DJ Seduty Hadassa.

Vivência de Passinho

Os Clássicos do Passinho (RJ)

Além de assistir à batalha de dança entre os dançarinos do grupo carioca, o público também será convidado a aprender alguns movimentos do passinho. Seguindo as batidas do DJ Seduty Hadassa, os participantes poderão seguir as indicações ou improvisar com sua criatividade ao ritmo do funk.

Circo

Os Perdidos

Solas de Vento (SP)

Dois personagens saem em viagem apenas com uma escada e um atlas. Entre brincadeiras e confusões, eles usam a imaginação para transformar a escada em barco, caverna e montanha. Os artistas Bruno Rudolf e Ricardo Rodrigues utilizam elementos de acrobacia e de dança para criar um espetáculo cômico e poético, que nasceu de um exercício no projeto Cubo de Ensaio, da Mostra Sesc de Artes e Circulações.

Teatro

A Condessa e o Bandoleiro

Barracão Cultural (SP)

Entediada com a nobreza, uma condessa sonha com uma vida de aventuras, enquanto um bandoleiro vive todos os dias no limite do perigo. Essas duas histórias se encontram nesta peça do grupo paulista, eleita o melhor espetáculo jovem de 2015 pelo Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem. Os atores também são responsáveis pela música, com sonoridade de ritmos bem brasileiros.

Música

Fernando Ferrer (SP)

O cantor cubano de carreira internacional e que já se apresentou ao lado de integrantes dos projetos Buena Vista Social Club e Afro Cuban All Star, radicado em São Paulo, Ferrer e sua banda fazem um show com ritmos de toda a América Latina, como bolero, guajira, cumbia, merengue e salsa.

Circuito Sesc de Artes na Internet

O site do Circuito Sesc de Artes será diariamente atualizado com produções exclusivas, registrando histórias curiosas, destaques da programação e personalidades de cada cidade envolvida na programação. Basta acessar sescsp.org.br/circuitosescdeartes e conferir estes conteúdos, incluindo toda a grade de programação.

Imagens e vídeos das atrações para a imprensa estão disponíveis para download na página do Circuito Sesc na internet.

Serviço:

Circuito Sesc de Artes 2018

Período: de 6 a 22 de abril

Programação:

1º fim de semana: 6, 7 e 8 de abril

2º fim de semana: 13, 14 e 15 de abril

3º fim de semana: 20, 21 e 22 de abril

Sextas, sábados e domingos, das 16h às 21h30.

Grátis.

Livre.

A programação completa está na internet: sescsp.org.br/circuitosescdeartes

 

Fonte: Assessoria